Notícias Adventistas

Projeto da Escola Adventista é destaque na imprensa

O apoio da imprensa é essencial para que as produções dos alunos e professores possam ter um alcance para além dos muros da escola.

Por Samuel Nunes 8 de junho de 2021

Site do Jornal O Norte de Minas foi um dos veículos de comunicação que destacou projeto realizado pela Escola Adventista.
(Foto: Samuel Nunes)

Alunos da Escola Adventista participaram de atividades relacionadas a Semana do Meio Ambiente, a iniciativa foi destaque na imprensa. Os sites da Rádio Educadora FM, Revista Tempo, VinTV, Jornal O Norte de Minas e da Amirt- Associação Mineira de Rádio e Televisão.  

Para Ellenciria Matos, coordenadora pedagógica da Escola Adventista de Montes Claros, o apoio da imprensa é essencial para que as produções dos alunos e professores possam ter um alcance para além dos muros da escola. Salienta que a rotina escolar é sempre muito agitada, com projetos, datas comemorativas, aulas diferenciadas, e essas produções não podem ficar apenas dentro da sala de aula.

“As famílias e as comunidades ao redor da escola precisam ser beneficiadas com a produção de conhecimentos que se dá dentro da escola, e a imprensa é um dos veículos que facilita essas trocas”, frisa Ellenciria.

Projeto x envolvimento

Sarah Ferreira de Jesus, professora de Biologia, explica que o projeto envolveu os alunos do 9º ano e respeitou as normas de segurança devido a pandemia. A inciativa das professoras Sarah de Biologia, e Silvani Fonseca, que leciona as disciplinas de Geografia e História, foi idealizado e colocado em prática mediante desafios que falassem a língua dos adolescentes.

Elenciria Matos: O apoio da imprensa é essencial para que as produções dos alunos e professores possam ter um alcance para além dos muros da escola.
(Foto: Arquivo Pessoal)

O desafio número 1 do projeto incentivou o aluno a montar uma paródia com o tema Meio Ambiente e sua preservação. Os alunos se dividiram em grupos formados por quatro integrantes. Após construir a paródia montaram um vídeo de no máximo de 5 minutos, em que todos os integrantes do grupo participassem.

“Apesar de desafiador, logo pensamos em utilizar os recursos disponíveis no momento e que os adolescentes gostam, ou seja, colocar a mão na massa e incentivá-los na criação de vídeos e músicas”, explica Sarah.

Atividades

“O desafio 2 é de caráter individual, em que cada aluno iria fazer uma folha de papel reciclado, em casa, confeccionado através de papel usado picado, água, peneira, cola e seguindo o passo a passo repassado em um vídeo explicativo”, afirma a professora Sarah.

Sarah afirma que após a produção de seu próprio papel, cada aluno deveria escrever uma carta de conscientização sobre a preservação do meio ambiente, essa carta, destinada a uma pessoa especial.

Sarah explica sobre a realização do desafio 3 que teve como proposta, efetuar o plantio de mudas. Afirma que as mudas foram distribuídas aos alunos para efetuar o plantio em casa, sítio ou passeio, oferecendo maior arborização ao local onde mora.

“Para os alunos foi desafiador porque o tempo para efetuar o projeto era curto, cerca de 3 dias. Entretanto, a turma do 9° ano executou com muita destreza e capricho, efetuaram um ótimo trabalho em tão pouco tempo”, comemora a professora.

Para a educadora, a aplicação e abordagem sobre o tema da preservação ambiental, é algo que precisa ser trabalhado desde cedo e especialmente entre os adolescentes. Salienta que esses adolescentes estão entrando em contato com novas descobertas e conflitos, portanto, o princípio de sustentabilidade e preservação, deve ser constantemente ressaltado pelos professores.

Mão na massa

Sara Lorrany Pereira Alves: Colocar a mão na massa, plantando mudas em nossas casas é algo especial.
( Arquivo Pessoal)

Sara Lorrany Pereira Alves, aluna do 9º ano, afirma que participar das atividades propostas foi para ela sensacional.

“Colocar a mão na massa, plantando mudas em nossas casas é algo especial. Quando comecei a participar desse projeto, já entrei com o intuito de ajudar os nossos biomas. Ajudar o nosso planeta, pois sabemos que Deus nos deu um presente maravilhoso e a maioria das vezes não damos valor. Este é um projeto importante e magnífico”, sintetiza Sara.

Josué Monteiro Uchôa: Foi divertido participar de todas as ações;
(Foto: Arquivo Pessoal)

Para Josué Monteiro Uchôa Alves, aluno do 9° ano, o projeto foi um incentivo para os alunos na preservação do meio ambiente. Comenta que foi divertido participar de todas as ações.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox