Notícias Adventistas

Professores “carteiros” visitam alunos para diminuir a saudade

Em visita surpresa e cheia de emoção, professores da Educação Adventista levam carinho para estudantes que estão sem aulas presenciais.

Por Érica Tavares 1 de setembro de 2020

A visita leva um pacote especial para os alunos. (Foto:Divulgação)

Já são cinco meses sem aulas presenciais devido à pandemia do novo coronavírus. Portanto, a saudade do ambiente escolar é inevitável. Para as crianças, estar longe dos colegas, da equipe docente e sem o convívio da sala de aula, certamente, é um grande desafio.

Ainda que haja o contato virtual diário, alunos e professores sentem falta de estar perto e de se verem pessoalmente. Para solucionar esse problema e tentar diminuir a saudade, a Escola Adventista de Imperatriz (EAI) e o Colégio Adventista de Imperatriz (CADI), no sul do Maranhão, decidiram fazer uma visita surpresa e animada às casas dos estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. “Como nós estamos em distanciamento social, essa foi uma das formas que encontramos para dizer aos alunos que estamos com saudade e que eles são muito especiais”, explica a profª. Denise Lopes, diretora da EAI.

Delivery de Carinho

A visita mobiliza toda a equipe das escolas. Professores e monitores vestem-se de carteiros e com uma “encomenda” em mãos, vão às residências das crianças. A chegada surpreende os alunos, já que somente os pais são comunicados previamente sobre a ação. Então, com música e muita animação, a entrega especial é feita. Ela consiste numa mensagem carinhosa que diz que todos estão com saudade. A mensagem, acima de tudo, mostra para os estudantes o valor que eles têm. Os visitantes aproveitam o momento para conversar e, além disso, ter um momento de oração com as famílias, reforçando os princípios cristãos da Educação Adventista.

Leia também:

A cabeleireira Leidiane Silva, mãe de Isadora (6 anos), conta que se emocionou ao ver o carinho dos professores que foram a sua casa. “É muito bom saber que a escola, em meio a essa pandemia, se preocupa com o bem estar das crianças. Isso é muito importante pra eles, ou seja, vai ficar marcado na infância da minha filha.” Da mesma forma, a reação de Isadora foi de muita alegria. Ela se sentiu especial. “Estou muito feliz com esse presente”, declara a aluna do 1º ano do CADI.

Um dos integrantes da equipe de visita, o professor de Educação Física Visconde de Cairu, ressalta que esse tipo de contato aproxima as famílias da escola. Para ele, a gratidão dos pais e a reação das crianças é a maior motivação para participar de ações como essa. “Visitar os alunos traz um sensação muito boa. Eu me sinto realizado, completo. Ver, por exemplo, o rostinho das crianças e a alegria que eles têm de nos receber em sua casa é muito gratificante. Certamente, isso nos enche de ‘combustível’ para continuar fazendo nosso melhor”.

Veja na galeria abaixo imagens das visitas:

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox