Notícias Adventistas

Professor encontra em colégio adventista oportunidade para restauração de vida

Após passar por períodos de dificuldades, Washington enxergou na Educação Adventista a esperança para dias melhores

Por Rafael Brondani 1 de abril de 2021

Atualmente Washington é professor de português na Escola Adventista de Valparaíso e ministra aulas de religião no Colégio Adventista do Gama.

Durante 17 anos, Francisco Marques frequentou uma denominação evangélica, na qual foi pastor e professor de teologia. Num determinado momento de seu ministério fez escolhas erradas. Por consequência, perdeu o casamento, a família e a até mesmo os irmãos da instituição evangélica na qual era ministro.

No meio da escuridão de sua vida, Francisco lembrou que tinha o contato de um pastor adventista. Após conversar com Deus em oração, ele resolveu ligar para o pastor Gilson, que pastoreia a Igreja Adventista do Guará. Ao telefone, o jovem desolado desabafou com o pastor.

A essa altura Francisco já estava sem recursos financeiros e não tinha condições de manter uma casa. O pastor Gilson o convidou para frequentar a Igreja Adventista do Gama Oeste e recepcionou o jovem no local.

O ex-pastor começou a congregar na Igreja Adventista. Depois de um período de mudança de vida, sua esposa ligou e deu uma maravilhosa notícia: ela queria restaurar o casamento. Entretanto, Francisco não tinha condições financeiras para assumir as despesas de um lar e começou a entregar currículos para tentar uma recolocação no mercado de trabalho. “Passei na escola adventista do Gama e deixei meu currículo. No mesmo dia bati meu carro e fiquei mais desesperado ainda”, relembra.

Com ajuda dos irmãos da Igreja Adventista do Gama, Francisco conseguiu um emprego em uma loja de móveis usados, no qual trabalhou por três meses. Então, ele foi chamado para fazer uma entrevista para ser monitor do Colégio Adventista do Gama e logo em seguida foi contratado.

Mudança de vida

Em dezembro de 2014 Francisco, juntamente com sua esposa, foi batizado. No início de 2015 ele começou a trabalhar como monitor escolar e em 2016 iniciou uma segunda graduação: licenciatura em letras. Hoje, Francisco é professor de duas unidades da Rede Adventista e conta que sua vida foi transformada. “Foi uma mudança radical em minha vida. Aqui eu tive a oportunidade de renascer, pois fui até o pó, estava na lama e a escola me deu uma oportunidade, não só para mim, mas para toda a minha família. Hoje eu tenho três filhos que estudam aqui e através da rede fiz minha segunda graduação”, comemora.

Após passar por períodos de dificuldades, família enxerga na Educação Adventista a esperança para dias melhores. (Foto: Divulgação)

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox