Notícias Adventistas

Gincana on-line movimenta pais e alunos em Escola Adventista de Pelotas

As atividades propostas envolviam materiais que os alunos pudessem encontrar em casa, como pentes, sabonetes, réguas, jornais, frutas, entre outros.

Por Emanuele Fonseca 29 de abril de 2020

 

Aluno Murilo, da turma 13 participando de uma das atividades da gincana.

Muitos pais e alunos estão preocupados com o momento que atravessamos em escala mundial, a pandemia causada pelo Covid-19 tem tirado a paz de muitos lares que esperam ansiosos pela resolução do conflito. Pensando nessa situação, a Escola Adventista de Pelotas resolveu aliviar a tensão dos pais e alunos propondo uma atividade diferente.

Uma gincana foi promovida por meio de vídeos disponibilizados para os alunos da educação infantil até o nono ano do E.F. Desde os professores até a área administrativa da escola participaram das gravações, com o intuito de estar perto dos alunos, mesmo com a distância. As atividades propostas envolviam materiais que os alunos pudessem encontrar em casa, como pentes, sabonetes, réguas, jornais, frutas, entre outros.

A professora do primeiro ano, Ana Janice, conta que a experiência foi gratificante e o envolvimento dos funcionários, equipe pedagógica, alunos e familiares fez toda diferença.“Já participei de várias gincanas, mas com certeza essa ficará na “história”. Gincana on-line foi a primeira vez. E esse momento nos oportunizou o convívio em grupo, mesmo estando distantes”, comemora.

Cada atividade foi pensada de acordo com os níveis de ensino, desafiando os alunos de forma proporcional ao seu nível de instrução. Os alunos de educação infantil até quinto ano realizaram as tarefas de forma individual, interagindo com os pais ou responsáveis, enquanto os alunos do sexto ano até o nono montaram equipes por turma. E essas equipes, por sua vez, criaram sua identidade, com grito de guerra, bandeira.

Aluna Valentina participando do piquenique da gincana, junto com o seu pai, Maury Fernandes.

As atividades estavam todas relacionadas com o Plano Mestre de Desenvolvimento de Saúde (PMDS) e abordavam principalmente dois dos oito remédios naturais: alimentação saudável e exercício físico. Alguns desafios da educação infantil ao quinto ano do E.F. envolviam a coordenação motora, como uma trilha móvel feita com jornal, outros a lógica, como a tarefa de colocar copos na mesma posição utilizando um número limitado de movimentos. Alguns estavam relacionado as matérias, como o trava língua e a manchete com papel higiênico.

Para o Ensino Fundamental II, dentre as atividades propostas estava a preparação de alimentos saudáveis, realização de séries de exercícios físicos, e a criação de uma mensagem de incentivo aos profissionais de saúde feita em conjunto via zoom. Cada participante realizou sua atividade de casa, somando pontos para o grupo.

Segundo a professora, Cassia Xavier, o retorno que a escola recebeu dos pais foi muito positivo. “Os pais e alunos demostraram sua satisfação através de vídeos, fotos e recados que comprovaram que nossa tarde fez a diferença nos lares. Nossa comunidade conseguiu vivenciar algo novo e prazeroso nesse momento que estamos passando”, afirma Cassis.

“Eu acho muito importante essa iniciativa pois mantém as crianças ativas! E as incentiva também a estar participando as atividades escolares. Minha filha adorou buscar os objetos pedidos pelos professores eu só a auxiliei quando ela precisou encontrar algo na cozinha”, conta Paola Martins, mãe de aluna”.

Por fim, a última parte da gincana foi um piquenique de frutas em família, para reporem as energias e fortalecerem os vínculos familiares.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox