Notícias Adventistas

Funcionários de Escola Adventista se unem para adquirir cestas básicas para doação

Com a ajuda financeira de todos os colaboradores, a Escola Adventista de Imperatriz adquiriu e distribuiu os alimentos em sua comunidade.

Por Érica Tavares 26 de maio de 2020

 

Representantes da escola foram à casa das pessoas para entregar os alimentos. (Foto: Thiago Brandão).

Preocupação em atender à comunidade neste período de dificuldade causada pela pandemia do novo coronavírus. Foi a partir desse sentimento que os funcionários da Escola Adventista de Imperatriz (EAI) se uniram para comprar cestas básicas e, assim, auxiliar famílias necessitadas.

Para tanto, os servidores da escola decidiram contribuir com uma parte de seu salário e juntos, conseguiram os recursos para comprar vinte cestas básicas. Os alimentos foram distribuídos para famílias cadastradas no ministério de Ação Solidária Adventista (ASA), da Igreja Adventista Central de Imperatriz. Todos os meses a ASA beneficia essas famílias, levando alimentos e outos itens de necessidade básica. Neste mês, a Escola Adventista assumiu o compromisso e ficou responsável por adquirir e fazer a distribuição das cestas.

O momento de entrega dos alimentos incluía uma oração especial por cada família. (Foto: Thiago Brandão).

Leia também:

Na casa da jovem Sandy Sousa, por exemplo, vivem dez pessoas; destas, seis são crianças. O sustento da família é provido pelo seu pai, que trabalha como autônomo. As limitações impostas pela pandemia resultaram na diminuição da renda mensal familiar. “Receber uma cesta assim ajuda muito, porque lá em casa têm muitas crianças. O que vem, garante principalmente a refeição delas”, agradece Sandy.

A iniciativa é parte do compromisso social que a Escola Adventista tem como a comunidade. (Foto: Thiago Brandão).

O líder da ASA local, Valdir Silva, afirma que ações como essa mostram como a igreja e a escola estão perto das pessoas, tanto na bonança como nas dificuldades. “São pessoas que normalmente precisam e nesse período, certamente a necessidade aumentou; como resultado dessa ajuda, a visão delas sobre a missão de nossa denominação é ampliada”, conta Valdir.

Para o prof. Simão Moraes, diretor do EAI, o desejo de ultrapassar os limites físicos e ser presença relevante na sociedade resulta em ações como esta por parte da escola. “Além de nos preocuparmos em oferecer uma educação de qualidade, também nos preocupamos em ter um impacto positivo na comunidade em que estamos inseridos; esse é nosso papel como cristãos”, explica o prof. Moraes.

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox