Notícias Adventistas

Estrutura de atendimentos da Clínica Escola Adventista de Psicologia aumenta a cada semestre

Por Wiliane Passos 15 de maio de 2019

A clínica-escola também oferece atendimentos nas áreas de odontologia, fisioterapia e enfermagem. Foto: Naassom Azevedo

A clínica-escola de psicologia da Faculdade Adventista da Bahia, realiza em média 160 atendimentos por mês no primeiro semestre e cerca de 450 no segundo semestre. No ano de 2018 foram realizados uma média de 3 mil atendimentos só na clínica de psicologia entre alunos e comunidade.

Leia também: Maior evento científico da Faculdade Adventista da Bahia encerra VI edição

Os atendimentos na clínica são realizados pelos estagiários do curso de psicologia, supervisionados pelos respectivos professores. Eles se dividem em 9 abordagens diferentes, adaptadas às demandas de cada paciente. No primeiro semestre do ano a clínica tem uma demanda menor de casos e o grau de complexidade é um diferente do segundo semestre.

O setor de psicologia funciona há quatro anos e oferece atendimento clínico adulto, infantil, casal, psicodiagnóstico e orientação profissional. Alguns grupos de estágio dos alunos do curso, atendem em hospitais e outros serviços de saúde coletiva da região.

Além da possibilidade de atendimento na clínica, a clínica oferece um projeto de acolhimento nos primeiros períodos e no último período do curso. Participam dos atendimentos 65 alunos internos e 7 professores supervisores diretamente ligados a clínica e 2 professores supervisores em instituições parceiras.

Clínica escola

O espaço também oferece serviços de enfermagem, psicologia, fisioterapia e odontologia, além de funcionar como uma Unidade de Saúde da Família (USF) no bairro de Capoeiruçu e de desenvolver projetos diretamente relacionados à comunidade como o “Um sorriso para você“, que trabalha com mães e pacientes com necessidades especiais.

Estágios no curso

No decorrer do curso, os alunos tem acesso a três tipos de estágio, são eles, estágios mais simples, que os professores pedem no final de cada matéria, que se constituem de visitação e a partir do sexto e sétimo períodos os alunos tem as disciplinas de estágio 1 e 2 em múltiplos campos de atuação.

Os estudantes do 9º período são supervisionados semanalmente por seus respectivos professores, caso a caso. São 9 supervisores trabalhando em abordagens psicológicas e campos de trabalho diferentes, que o psicólogo está apto para fazer parte quando formado, sendo eles:

No campo clínico:

  1. Reabilitação Neuropsicológica Infantil
  2. Psicoterapia Breve
  3. Gestalt-terapia
  4. Psicanálise
  5. Psicoterapia Analítica Funcional
  6. TCC Infantil e Adulto
  7. Psicologia Hospitalar
  8. Práticas Grupais em Instituições de Saúde
  9. Psicologia Organizacional

Estas práticas acima citadas acontecem todas dentro do SPA – Serviço de Psicologia Aplicada (clínica escola), sob a coordenação técnica da psicóloga Paula Ferreira. Cada grupo destes é formado por no máximo 10 alunos.

Na área da saúde:

  1. Psicologia Hospitalar Adulto (Santa Casa de Misericórdia Maternidade Luiz Argollo e Hospital da Mulher – HIPS)
  2. Práticas Grupais em Instituições de Saúde – Duas USF (unidades de saúde da família) em Cachoeira

Na área organizacional:

  1. Psicologia Organizacional  – IDEC Fadba

Os alunos que atuam no atendimento da clínica-escola são assistidos e mentoreados pelos professores responsáveis. Foto: Naassom Azevedo

O processo de graduação em psicologia passa por um período bem extenso de embasamento teórico, de aprofundamento do conhecimento, do exercício de atividades de observação, do debate, das discussões em sala de aula, dos treinos que os professores fazem, dos estudos de caso, das leituras, tudo isso para que a partir do 6º período, esse aluno comece a ter condição de enquanto estagiário, a dar conta das demandas pessoais dos pacientes com rigor técnico, rigor ético, profissional.

O período de aprendizado é bem fundamentado e amplo por conta da seriedade com que se entende que requer a profissão. Cuidar das emoções humanas, cuidar de mentes humanas, demanda preparo. Os alunos de psicologia têm respondido cada vez mais de maneira comprometida e ética para com o trabalho do psicólogo.

A estrutura oferecida pela FADBA atende muito bem a demanda requerida, inclusive, em visita, o coordenador do Conselho Regional de Psicologia (CRP) ficou impressionado com a estrutura que os alunos têm, de sala de observação, sala espelho, sala para atendimento infantil, sala de testes, sala de supervisão, sala de apoio, sendo classificada como uma estrutura padrão e excelente.

Atendimento CAB e internato

Além da possibilidade de atendimento na clínica escola, os alunos residentes no internato e alunos do Colégio Adventista da Bahia (CAB) possuem uma psicóloga que faz plantão semanal nos dois locais, possibilitando assim um acesso mais direto aos estudantes.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox