Notícias Adventistas

Escolas Adventistas de Brasília realizam exposição em Shopping

16 de outubro de 2014

Brasília, DF… [ASN] Entre os dias 21 e 24 de setembro, a sala de aula de um grupo de alunos das Escolas Adventistas de Brasília foi a praça central de um shopping.  Entre banners, tubos de ensaios e objetos diversos, os alunos puderam compartilhar o conhecimento adquirido dentro de sala de aula com quem passou pelo Shopping Pátio Brasil, em Brasília.

Aproveitando a temática da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia para 2014, os alunos realizaram pesquisas  e descobriram formas de otimizar diferentes áreas da ciência a favor da vida. Temas como preservação do meio ambiente, inclusão social, saúde e melhoria na qualidade de vida fizeram parte dos trabalhos expostos pelos alunos. Durante o processo de pesquisa e preparação, os professores atuaram como orientadores com o objetivo de estimular a curiosidade natural dos alunos em descobrir coisas novas. Para Diego Cientista, professore de Biologia da rede, iniciativas como essas “estimulam o aluno a pesquisa cientifica e mostram na prática diferentes possibilidades de cuidar do nosso planeta”.

Confira abaixo a reportagem em vídeo:

A realização da exposição foi possível devido ao trabalho integrado de matérias como física, química e biologia, segundo explica Eleni Wordell, coordenadora Pedagógica da Educação Adventista no Distrito Federal. “Esse projeto nasceu no coração dos professores que sonharam em desenvolver com seus alunos o tema da tecnologia voltada não só para a qualidade de vida, mas também despertar o olhar dos alunos para os problemas advindos da tecnologia”, explica Eleni.

Ao final dos quatro dias de exposição, a troca de experiência proporcionou crescimento tanto para os alunos como para quem passou pelos estandes. Profissionais como Aládio Teixeira, arquiteto e engenheiro, dedicaram tempo para conhecer os trabalhos e pesquisas, além de conversar e compartilhar conhecimento técnico na sua formação. “Esse contato com as pessoas é benéfico para os alunos porque eles vão encontrar várias pessoas que podem ensinar e também”, complementa Teixeira.

O aplicativo Saferway criado pelos alunos está disponível no app store.

O aplicativo Saferway criado pelos alunos está disponível no app store.

Entre as pesquisas realizadas estava a de Renan Alvarenga que apresentou uma proposta voltada a segurança pública. O aplicativo para celular, criado por ele e um grupo de amigos, sinaliza as regiões com maior índice de violência, como forma de avisar os pedestres e motoristas os caminhos a serem evitados.

O aplicativo ainda prevê a participação do cidadão, criando assim um mapa colaborativo das áreas mais perigosas. [Equipe ASN, Liane Prestes, com informações de Deborah Lessa].

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox