Notícias Adventistas

Escola Adventista realiza projeto que visa discipular as novas gerações

Iniciativa partiu de estudos que indicam a necessidade de adolescentes formarem vínculo com o estilo de vida cristã

Por Rafael Brondani 28 de novembro de 2019

(Foto: Polliny Pacheco)

Estudos apontam que existe um tempo apropriado para que as crianças entreguem o coração a Jesus: entre os 5 e 13 anos de idade. Depois desse tempo, torna-se mais difícil ajudá-las a tomar decisões de mudança de vida. Para tentar reverter esse quadro, a Escola Adventista do Guará, através do o projeto Discipulando Novas Gerações (DNG), desafia pais e professores e funcionários da escola a se unirem para liderar e guiar crianças e adolescentes a Jesus.

Yasmin Freitas, capelã da escola, explica que o projeto surgiu nos Estados Unidos e foi criado pelo pastor e missionário Donald Jay MacLafferty, que identificou a necessidade de os adolescentes formarem vínculo com o estilo de vida cristã. “O objetivo do programa que realizamos na escola é fazer discípulos entre as novas gerações. A metodologia utilizada começa com o reavivamento e convida todas as gerações para o envolvimento diário com Jesus, tanto em oração quando no estudo da Bíblia. Trabalhamos com estes três pilares: escola, igreja e lares”, explica Yasmin.

O fundador do projeto, Donald Jay MacLafferty percorre vários países realizando treinamentos e trouxe o projeto para o Brasil há alguns anos. A escola fez adaptações e tem conseguido obter grandes resultados. “Participar deste projeto foi incrível, estou nele há três anos. Fui ensinada por lições passadas pela nossa capelã da escola e tive o privilégio de passar tudo o que aprendi para outras pessoas”, conta Ana Duarte, aluna do 8º ano do Ensino Fundamental. Ela acrescenta que ao mesmo tempo sentiu uma evolução em seu relacionamento com Deus e com as pessoas. “Cumpri os ensinamentos deixados por Jesus, de não ficar com a mensagem só para mim, mas sim transmitir para outros”, destaca.

Outro fator que chamou a atenção de Ana Duarte foi um culto realizado em uma terça-feira pela manhã. Na ocasião, ela ministrou um estudo sobre o livro bíblico de Mateus e falou sobre a importância da conexão com o Criador. “Após esse culto, pessoas que queriam tirar a própria vida foram transformadas. Foi extremamente incrível! As pessoas testemunharam sobre como Jesus mudou suas vidas. Foi um momento muito edificante e empático”, conta, emocionada.

João Vitor de Souza tem 13 anos. Ele é o único adventista de sua família. Por influência do projeto, foi batizado em julho de 2019. Ele afirma que o DNG teve papel fundamental em sua trajetória cristã. “O DNG representa algo que eu não consigo explicar. Esse projeto me fez entender o que é ser cristão de verdade”, afirma João.

De acordo com a diretora da Escola Adventista do Guará, Cláudia Cilene Antes, o projeto não se resume em compartilhar conceitos e doutrinas. O objetivo é chegar ao coração dos alunos. “Precisamos encontrar um caminho para que eles aprendam mais da palavra de Deus e desenvolvam o relacionamento com Ele. Para que isso aconteça, a escola toda precisa estar envolvida, os professores precisam entender o que é o DNG e abraçar a ideia. Precisamos ajudar essa nova geração a se despertar para o relacionamento com Deus”, menciona a diretora.

(Foto: Pollyne Pacheco)

No local também é encontrado o Correio de oração, onde os alunos podem escrever em um papel o seu pedido e ele é classificado em cores. O papel verde significa intercessão; o rosa, um pedido secreto que ninguém pode ver; já o branco é destinado aos pedidos normais e os intercessores vão e oram; no azul, agradecimentos; nos verdes, os intercessores dizem que oraram pelo aluno e o amarelo é o intercessor dizendo que orou, que no caso é o líder. Ao todo 150 alunos participam das ações.

(Foto: Polliny Pacheco)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox