Notícias Adventistas

Escola Adventista de Alegrete proporciona experiência com modalidades adaptadas

Basquete sobre rodas e bocha paralímpica trouxeram consciência de que diferenças não impedem socialização ou realização de atividades.

11 de outubro de 2017

Equipe do projeto Alegrete Sobre Rodas auxiliou estudantes no processo de inclusão reversa.

Alegrete, RS… [ASN] Em alusão ao Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Física (11), a Escola Adventista de Alegrete proporcionou aos estudantes, um ação educativa que proporcionou o contato deles com novas experiências, trazendo inclusive compreensão de uma realidade distinta da que muitos deles vivem: modalidades esportivas adaptadas.

Leia mais:

Estudantes vivenciam modalidades adaptadas a pessoas com necessidades especiais

O chamado processo de inclusão reversa – que se caracteriza quando alguém sem deficiência participa de programas específicos para pessoas com necessidades especiais – aconteceu por meio de jogo de basquete sobre cadeira de rodas, com auxílio de professor Diego, treinador de uma equipe que disputa a modalidade. Na ocasião, os estudantes também jogaram bocha paralímpica, com apoio da professora Cláudinha Ereno no ensino das regras.

A ação educativa fez com que estudantes do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental conseguissem, mesmo que, por um dia, ter empatia por quem tem uma rotina diferente da deles. Ao mesmo tempo, ensinou o princípio de que, ainda que hajam necessidades especiais, todos têm capacidade de fazer diversas tarefas e atividades, lição essa que estava entre os objetivos dos educadores na realização.

O professor José Severo, que leciona a disciplina de Educação Física, foi o mediador das atividades. Ele compreende que realizações desta natureza, proporcionadas pela rede educacional adventista, são as que formam o caráter de um estudante. “É uma educação que vai muito além do ensino e acredita que o ser humano só cresce se relacionando com o diferente. Se isso for disseminado entre as crianças hoje, no futuro, elas serão adultos com espírito de inclusão”, prevê. A iniciativa foi divulgada pelo portal Alegrete Tudo. [Equipe ASN, Willian Vieira, com informações de Patrícia Dias Oliveira]

Alunos também aprenderam como jogar bocha paralímpica.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox