Notícias Adventistas

Aprimoramento de profissionais é diferencial na Educação Adventista no Norte

A Educação Adventista para os estados do Pará, Amapá e Maranhão promoveu o Encontro de Gestão Pedagógica e Educacional para profissionais da Rede Educacional na região.

Por Hamanda Portal 22 de janeiro de 2020

A troca de experiências buscou fortalecer a parceria entre profissionais e a mantenedora da Educação Adventista no Norte (Foto: Hamanda Portal).

A gestora da Educação Adventista para os estados do Pará, Amapá e Maranhão promoveu nos dias 07 a 09 de janeiro o Encontro de Gestão Pedagógica e Educacional para profissionais da Rede Educacional na região. A capacitação objetivou proporcionar aos educadores a troca de experiências buscando fortalecer a parceria entre profissionais e a mantenedora por meio de palestras de formação. Ao menos 120 profissionais, representantes de 34 escolas da região, participaram da formação que foi realizada na sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Norte, em Belém

Com o tema “Educação 4.0: Nova Marca, Novos Caminhos”, o encontro visou auxiliar na implementação de novos métodos de ensino-aprendizagem e na relação harmoniosa entre plano de ensino e avaliação para a Rede Adventista.
“Um evento como esse é benéfico porque nos inspira, nos motiva e nos informa. Informação técnica é fundamental para melhorarmos o nosso desempenho acadêmico” afirmou Almir Oliveira, diretor associado da Rede de Educação Adventista na América do Sul. “Motivação será muito importante para enfrentarmos os desafios desse novo ano letivo e inspiração será indispensável para mantermos o foco em nossa missão” reiterou Almir.

Programação variada
A programação ofereceu aos participantes abordagens variadas e exploraram temas atuais e pertinentes para a questão educacional. Dentre os temas discutidos, saúde mental foi abordado por uma das convidadas: a neurocientista, Rosana Alves, que ressaltou a importância do cuidado com essa área de nossa saúde. “Só podemos cuidar do outro se estivermos bem. Não tem como exigir que o professor esteja apto para exercer a sua função se ele estiver com demandas físicas e emocionais não resolvidas”, ressaltou Rosana. “Sabemos que a docência é considerada uma das profissões mais estressantes do mundo e, por conseguinte, geradora de inúmeras doenças físicas e emocionais. Assim, conversar sobre saúde e, sobretudo, apontar caminhos para uma vida melhor, é de suma importância.” alertou.

O envolvimento com o conteúdo prático auxiliou na aprendizagem (Foto: Hamanda Portal).

Conteúdo na prática
Ao longo da programação, os presentes foram convidados a exercitar sua capacidade de observar, refletir, radicalizar, contextualizar, analisar, comparar, criticar, criar e sentir através das oficinas ministradas.
Para Patrícia Braga, coordenadora pedagógica do Instituto Adventista Grão Pará, o evento foi de grande importância: “A nossa prática educacional nos exige atualizações constantes, pois lidamos diretamente com seres humanos que estão em constante mudança, logo, tirar um tempo avaliar nossa prática pedagógica nos ajuda a crescer profissionalmente. O encontro, além de me proporcionar isso, me fez refletir em todos os aspectos e me ajudou a ter a certeza da minha missão como cristã.”, declarou.
Dentre os temas abordados nas oficinas, o Programa Adventista de Avaliação da Educação Básica (PAAEB) foi destaque durante o evento. Desenvolvido pela sede administrativa da rede educacional, o processo avaliativo tem como principal objetivo retratar a realidade do desempenho acadêmico da Rede, com base nos resultados obtidos, levantando dados que permitam a identificação dos pontos fortes e das oportunidades de aprimoramento da qualidade educacional.

“O PAAEB mede a qualidade da Educação Adventista, sendo esse um sistema de avaliação em larga escala. Dessa forma, preparamos melhor nossos alunos e professores, para alcançarem com sucesso o saber sobre cada descritor que deve ser conhecido, especialmente nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática”, afirmou Henilson Erthal, líder de educação da União Norte Brasileira.

O constante aprimoramento dos educadores é condição imprescindível para uma educação de qualidade e essa preocupação é refletida nos métodos utilizados.

“Não somos simplesmente mais uma rede educacional buscando espaço no mercado. Existimos com uma missão que é levar o amor de Deus à toda comunidade escolar. Nesse sentido, nós educadores somos verdadeiros missionários em cada sala de aula. Deus chamou cada um de nós e vai nos capacitar”, concluiu Almir Oliveira.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox