Notícias Adventistas

Encontro resgata missão de alunos cristãos da Rede Adventista de Educação em Brasília

Por Rafael Brondani 9 de março de 2020

Os estudantes das oito unidades de ensino participaram de um encontro intitulado “Identidade”. (Foto: André Azevedo)

Acordar cedo e viajar cerca de 200 quilômetros não foi problema para os alunos das escolas adventistas de Brasília e entorno. Os estudantes das oito unidades de ensino participaram de um encontro no Instituto Adventista Brasil Central (IABC). O evento teve o intuito de motivar e resgatar a identidade da filosofia da Igreja Adventista nos estudantes que já são membros da denominação. A programação, que teve como tema “Identidade”, iniciou pela manhã e se estendeu por todo o dia.

O líder de educação do Planalto Central, professor Márcio Castro, explica que o dia foi voltado para os alunos adventistas. “O evento é especial para a Educação Adventista de Brasília e entorno e também para todos os alunos adventistas das nossas oito unidades. Nosso objetivo foi resgatar a identidade da Igreja, a filosofia adventista no coração e na mente de cada um dos nossos alunos”, salienta o professor.

Márcio ainda comenta que o dia foi histórico, pois através da programação focada na missão, os alunos foram levados a uma percepção maior do trabalho e das responsabilidades que eles têm dentro das unidades escolares. “Queremos que eles sejam influenciadores dos colegas e dos amigos em cada uma das unidades”, expressa o docente.

Identidade do jovem adventista

Pregação reforça como deve ser a identidade de um jovem adventista. (Foto: André Azevedo)

O programa contou com reflexões ministradas pelo presidente da Igreja Adventista na região Planalto Central, pastor Max Schaubb. Ele despertou nos jovens o desejo de se manterem firmes em Jesus mesmo diante das provações, reforçando como deve ser a identidade de um jovem adventista. O líder do Ministério Carcerário de Brasília, pastor Jeconias Neto, compartilhou com os alunos a forma como Deus transformou sua vida. Jeconias já esteve preso e teve sua identidade restaurada pelo amor de Deus.

Um dos organizadores do evento, o pastor e capelão Denison Calvalcante, conta que toda programação foi pensada e planejada com oração, com o objetivo de proporcionar aos meninos e meninas um encontro especial com Deus. “O maior objetivo foi motivar cada um dos alunos a olharem para sua vida pessoal, de testemunho. O nosso sonho é que eles imitem Jesus e levem isso para seus amigos”, declara o pastor.

Durante o encontro os alunos também tiveram a oportunidade de ouvir o psicólogo e humorista Paulo Disse, que também é influenciador digital, com mais de 66 mil seguidores no Instagram. O psicólogo utiliza o humor para levar sua mensagem. Na ocasião, de forma humorada, ele falou sobre evangelismo criativo.

Já pela tarde os estudantes foram divididos por grupos e participaram de oficinas, como agência de Missões na Prática, Minha Vida na África, Relacionamentos Interpessoais, Missão só Acontece com Unidade e Música na Escola, entre outras.

Conexão com Deus

A aluna do primeiro ano do Ensino Médio da Escola Adventista da Asa Sul, Louise Neiva, aprovou as oficinas e relata que foi uma oportunidade para ficar mais conectada com Deus. “O evento foi muito bom e me deixou mais perto de Deus. A programação foi pensada na gente”, narra.

Louise também comenta que uma das oficinas que mais achou interessante foi a “Minha Vida na África”. “Gostei de saber da rotina dela [palestrante] na África e saber como é lá. Às vezes as pessoas têm uma visão muito fechada de um lugar e isso tudo abriu nossa visão para o campo missionário”, menciona Louise.

No encerramento, os alunos tiveram uma grande surpresa. Quando voltaram para o auditório central, os mais de 200 integrantes do coral do IABC estavam no palco e cantaram músicas especiais para os receber.

Um dos participantes, Vitor Venâncio, do primeiro ano do Ensino Médio da escola de Planaltina, comenta que a programação os motivou para retornarem à escola e fazerem a diferença. “Muitas vezes somos a minoria no ambiente escolar. Agora vamos sair daqui com força e levar tudo o que aprendemos para praticar”, conclui o estudante.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox