Notícias Adventistas

Encontro de Educação treina gestores para Matrículas 2022

O evento contou com palestrantes renomados e muitas atividades para colocar em prática o conhecimento adquirido.

Por Jenny Vieira 16 de agosto de 2021

Cerca de 145 profissionais da área da Educação participaram do evento. Foto: Ellen Lopes

O encontro de Educação “O Melhor está por vir” aconteceu na última semana com a participação de 145 servidores da Educação Adventista da região Centro-Oeste do Brasil. Durante três dias, os educadores compartilharam experiências e participaram de devocionais, palestras, workshops e desafios práticos.

Diante do cenário de pandemia, a Educação Adventista também sofreu as consequências e precisou se adaptar. O encontro também serviu para reanimar os participantes e dar novas ideias e estratégias para o momento atual. “Em nosso campo, todas as regiões já retornaram com as aulas presenciais, mas no último um ano em meio, fomos desafiados a estruturar o ensino remoto e híbrido, pelas restrições da pandemia. Apesar das barreiras impostas, experimentamos a melhor matrícula de inverno dos últimos cinco anos”, comemora o líder de Educação para a região Centro-Oeste do Brasil, professor Samuel Carvalho.

Professor Antônio Marcos Alves, líder de Educação para toda a América do Sul, orou pelos departamentais de cada campo do Centro-Oeste. Foto: Ellen Lopes

Nomes como Breno Paquelet e Jeremias Oberherr fizeram parte do cardápio de palestras oferecidos ao grupo. Paquelet é especialista em negociação e autor do livro “Pare de Ganhar Mal: Manual de negociação para aumentar seu salário e sua qualidade de vida”. Para ele, A negociação não precisa ser uma batalha em que necessariamente alguém saia perdendo. Para isso, é preciso dialogar. “A comunicação é um dos fatores mais importantes para a negociação. Muitas vezes, é mais importante ouvir do que falar, dessa forma você conhece o que o seu público necessita”, explicou ele em uma das apresentações.

A tesoureira escolar Daiane Moraes aproveitou o conteúdo e já traçou novas estratégias para sua escola. “Precisamos melhorar a abordagem e comunicação com os pais e dar mais atenção no cumprimento do que é vendido ao pai no ato da matrícula, evitando a evasão e fidelizando nossos alunos”, ela concluiu.

Jogo de Negócios – colocando o aprendizado em prática

Um dos pontos altos realizados durante os três dias de evento foi o Jogo de Negócios. Já no primeiro dia, os participantes foram desafiados a solucionar os problemas de uma unidade escolar fictícia. A simulação de um cenário desafiador foi feita para que cada equipe discutisse com base nos aprendizados do programa, quais as melhores estratégias para aquela situação. As equipes com melhores resultados, foram premiadas ao final do encontro.

As equipes foram premiadas pelos resultados obtidos. Foto: Ellen Lopes

O vice-diretor Douglas Luz, também levou aprendizado para casa e para a escola. “Temos que trabalhar visando duas importantes ações: captação e fidelização de alunos. Na captação de alunos, temos que conhecer o perfil do nosso cliente, saber quais são nossos pontos fortes e fracos. Precisamos conhecer os nossos concorrentes e saber seus pontos positivos e negativos e a partir daí trabalhar buscando diferenciais”, explica.

Os momentos espirituais também foram destacados pelos participantes. O pastor Lucas Alves, líder da Associação Ministerial para toda a América do Sul, o pastor Rafael Santos, líder do Ministério Pessoal para a União Nordeste Brasileira e o cantor Jeferson Pillar, foram os responsáveis pelos devocionais durante todas as manhãs e noites. “Os momentos mais importantes, sem dúvida, foram os espirituais, pois nos fizeram significar ainda mais o quanto somos dependentes de Deus e o quanto a nossa comunhão com Ele é importante tanto na vida pessoal quanto na profissional”, enfatizou Douglas. No último dia, o líder de Educação para toda a América do Sul, professor Antônio Marcos Alves compareceu ao evento e encorajou os participantes.

O evento aconteceu seguindo à risca todos os protocolos de segurança contra a COVID-19. Os 145 participantes só puderam entrar no hotel após apresentar teste negativo para a doença, realizado no dia anterior. Ainda assim, os quartos foram todos individuais e o auditório posicionado de forma que cumprisse o distanciamento social.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox