Notícias Adventistas

Crianças arrecadam brinquedos e doam a abrigo

Mais de 500 itens serão distribuídos entre crianças carentes que estão vivendo no abrigo ou já passaram pelo local

Por Ayanne Karoline 13 de dezembro de 2018

Crianças, equipe da escola e representantes do abrigo com os presentes

Bolas, bonecas, carrinhos e até triciclo. Cerca de 500 brinquedos foram arrecadados por alunos do Colégio Adventista de Vitória (CAV) para serem doados a um abrigo para crianças, na Serra, região metropolitana do Espírito Santo. Os presentes chegarão aos amiguinhos em sacos nas cores do Natal.

A coordenadora do abrigo, Maria Socorro Depianti, lembra que as crianças só têm a oportunidade de receber presentes quando eles vêm de doação, como a do colégio. “As famílias são carentes e não participam da vida delas. Quando há uma doação como essa leva felicidade e esperança para elas”, explicou.

Atualmente, cerca de 20 crianças vivem no abrigo de passagem. Muitas passam por ali e são integradas à família novamente, mas continuam acompanhadas pela equipe de assistência social do local. “Esses presentes também chegarão às crianças carentes que passaram pelo abrigo e hoje estão em casa. Elas precisam muito e será uma alegria”, conta Maria Socorro.

O projeto de arrecadação dos brinquedos foi trabalhado com os alunos das turmas do Jardim II e III, além de uma turma do 2º ano do Ensino Fundamental. A arrecadação foi baseada numa atividade do livro didático, que estimulava a solidariedade. “A atividade envolveu o aluno e a família, sendo que alguns pais compraram e outros reformaram os brinquedos. Vimos que o senso de amor ao próximo foi ressaltado no projeto e captado pelas crianças”, explicou a coordenadora pedagógica, Sueila Goese.

Miguel e Kézia seguram um dos presentes que serão doados.

O Miguel Albuquerque Cardoso, de 8 anos, por exemplo, levou mais de 20 brinquedos para a escola. “Trouxe para doar para as crianças carentes porque quero ajudar elas”, contou. Já a Kézia Egevarth Sousa, de 7 anos, superou a casa dos 40 brinquedos. “Doar é bom porque as crianças que não tem nada poderão ter um brinquedo e vão ficar felizes”, disse Kézia.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox