Notícias Adventistas

Comunidade cristã CAFÉ é iniciada em colégio de Florianópolis

Culto é feito com linguagem diferenciada para alcançar as novas gerações de alunos

Por Daniel Gonçalves 17 de setembro de 2021

Os próprios jovens usam da linguagem deles para falarem do amor de Deus, não ferindo nenhum princípio da igreja

A Educação Adventista da Associação Catarinense – AC (Igreja Adventista no centro sul de Santa Catarina) começou nesta sexta-feira, 17 de setembro, uma nova iniciativa dentro de suas unidades. São as comunidades cristãs. Elas serão dirigidas pelos próprios alunos adventistas visando dar uma linguagem cristã mais atraente para seus colegas, e também pais, frequentarem um culto. A comunidade piloto é a comunidade CAFÉ, uma junção do nome CAF-E (Colégio Adventista de Florianópolis – Unidade Estreito) e a palavra “Fé”.

“Toda a União Sul Brasileira tem focado em encontrar meios para alcançar as novas gerações e por isso precisamos de espaços para eles atuarem e se comunicarem”, explica o pastor Thiago Rossendy, pastor escolar da unidade de ensino. O primeiro encontro aconteceu hoje e será repetido a cada 15 dias, com a possiblidade de em breve se tornar uma igreja. “Foi uma proposta interessante criada. Os próprios jovens dirigem tudo: banda, música, temáticas e conversas. Mas sem perder qualquer princípio da igreja”, complementa o pastor Anderson Voos, diretor da Educação Adventista – AC.

O encontro é o primeiro passo para as demais unidades escolares do campo abrirem comunidades cristãs similares. “O convite é aberto para todos os alunos e pais. Ao ser no colégio, quebramos certas barreiras e conseguimos pregar o evangelho. Volto a ressaltar, a linguagem é bem diferente, mas não quebra nenhum princípio da igreja”, comenta o pastor Anderson.

O resultado desta primeira noite, com a presença de 50 pessoas, foi de alunos felizes em terem um espaço para abrirem o coração a Deus e discutirem seus problemas: “Eu fiquei muito feliz em estar com outros que compartilham da mesma fé em Jesus. Além disso, podemos discutir situações da nossa realidade”comenta Priscila, do 9º ano. “Eu gostei muito dessa comunidade porque estamos juntos com outros que estão interessados em saberem mais sobre Deus. Podemos falar com tranquilidade sobre isso”, explica Henrique, do terceiro ano, que compartilhou a mensagem da noite. O encontro termina com uma pizza e muita conversa sobre o que ouviram.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox