Notícias Adventistas

Colégio no sul do Paraná é destaque do Enem 2014 entre unidades adventistas

Colégio Alto Boqueirão ficou em 1º lugar em Curitiba e em 2º no Paraná.

6 de agosto de 2015
11823963_961713330517132_953369672_n

A equipe pedagógica comemorou a colocação com um café da manhã.

Curitiba, PR… [ASN] Na última quarta-feira, 5 de agosto, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou a lista com a média de desempenho de 15.640 escolas em todo o Brasil referente ao Exame Nacional do Ensino Médio feito em de 2014 (Enem). Entre as unidades da rede educacional adventista, o Colégio Adventista Alto Boqueirão (CAAB) obteve o 19º lugar a nível nacional. Já em relação as instituições desta rede no Estado do Paraná, a escola alcançou a segunda colocação, enquanto que, entre as unidades de Curitiba, a colocação conquistada em termos de desempenho resultou no primeiro lugar.

Para o diretor do CAAB, Moisés Cardinot, o resultado é significativo e motivo de grande alegria para toda a equipe pedagógica. “Nós conseguimos ver todo o esforço que foi implantado no ano passado, a dedicação dos professores que hoje colhemos o resultado. Conseguimos verificar os pontos positivos que tivemos, mas também aqueles que precisamos melhorar”, comemora o diretor, que afirma ter recebido essa bênção, já em seu primeiro ano à frente do colégio, como resultado colhido pelo trabalho de uma direção anterior.

O CAAB, assim como as outras unidades escolares vinculadas à sede administrativa do sul do Paraná, investe em uma metodologia específica para o preparo dos alunos em vestibulares e no Enem, através de simulados e oficinas com matérias direcionadas no contraturno. Outro destaque é o uso do sistema Dudow, que envia a cada semana, por e-mail, questões do Enem aos estudantes, funcionando como uma espécie de treinamento para a prova definitiva. A equipe pedagógica tem acesso ao desempenho dos alunos nas questões, podendo, dessa maneira, trabalhar especificamente nas questões incorretas para que se transformem em acertos.

De acordo com Moisés, o desempenho satisfatório do colégio no ano passado só motiva na busca de melhorias para o Enem de 2015. “É difícil ter um resultado bom, mas mais difícil ainda é mantê-lo. Nós temos que buscar cada vez mais melhorias. Todo mundo está empolgado”, conclui. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox