Notícias Adventistas

Colégio interno de SC auxilia comunidades ribeirinhas na Amazônia

Alunos e funcionários do Iaesc realizaram ações de apoio aos moradores de duas comunidades do município de Barreirinha (AM)

8 de fevereiro de 2017

Alunos e funcionários do Iaesc viajaram 30 horas de barco de Manaus (AM) até as comunidades

Barreirinha, AM… [ASN] Duas comunidades do interior do estado do Amazonas, Piraí e Pindobal, foram atendidas por 26 voluntários do Instituto Adventista de Ensino de Santa Catarina (Iaesc) entre os dias 15 e 25 de janeiro. Eles participaram da Missão Salva-Vidas Amazônia, que trata-se de um projeto que visa minimizar o sofrimento daqueles que moram nos lugares mais isolados e carentes da Amazônia, principalmente nas comunidades ribeirinhas.

Na comunidade de Pindobal, os missionários fizeram uma horta comunitária para gerar renda para a população local, construíram um templo adventista e pintaram algumas casas. Já na Piraí, eles visitavam e convidam as famílias para assistirem palestras sobre temas da Bíblia em um auditório local.

Cerca de 70 adultos e 80 crianças participaram das reuniões diariamente. Segundo o pastor e líder do grupo, Felippe Amorim, 60 pessoas decidiram conhecer mais a respeito da Bíblia e serão auxiliadas posteriormente por um obreiro bíblico – que é um professor de ensino religioso. Até então, essa comunidade não tinha presença adventista.

Para a estudante Rafaela Barcarol, uma das maiores recompensas de participar do projeto na Amazônia é como as famílias ribeirinhas agradecem pela ajuda. “Via o sorriso das crianças correndo ao meu encontro. Recebia muitas homenagens, seja com flores ou com muitos beijos. Com certeza esses gestos de carinho ficarão marcados para sempre na minha vida. Realmente, nessas comunidades você encontra Deus através das pessoas e da maravilhosa natureza que Ele mesmo criou”, relata Rafaela.

Ainda de acordo com Felippe Amorim, muitos dos moradores das comunidades atendidas pelos voluntários tinham o sonho em ver a casa pintada. “Lembro que um senhor disse que pensava que iria morrer sem ver sua casa pintada”, descreve Amorim. [Equipe ASN, Paulo Ribeiro].

Veja fotos dos voluntários em missão:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox