Notícias Adventistas

Educação

Colégio de Florianópolis cria leilão para incentivo à leitura

Para cada página lida os alunos ganharam um dinheiro do projeto e usaram a moeda em um leilão com vários prêmios na escola


  • Share:
Estudantes exibem o dóler, moeda utilizada para o projeto de incentivo à leitura (Foto: Divulgação)

Incentivar a leitura é um desafio para as unidades escolares nos dias atuais. Computadores, celulares e outros aparelhos eletrônicos têm roubado a atenção dos estudantes. Preocupado com isso, o Colégio Adventista de Florianópolis – Unidade Estreito (CAF-E) realizou nos últimos quatro meses um projeto para fomentar o hábito da leitura entre seus alunos. Foi o projeto Dóler.

“Para cada página lida, os estudantes ganhavam um dóler, uma moeda criada para o projeto. Para livros de Ellen White, o retorno era melhor: dois dóleres. E com esse dinheiro eles puderam usar nesta segunda-feira [22 de novembro] em um leilão”, explica o professor Malton Fuckner, coordenador pedagógico do ensino médio.

Leia também:

“Os alunos estavam longe da biblioteca há muito tempo por causa da pandemia e a gente teve essa ideia, incentivando-os a visitarem o nosso local. Selecionamos bons livros, com histórias, biografias e ficção para eles pegarem gosto pela leitura”, comenta Marilma dos Santos Lima, auxiliar de biblioteca. Alguns estudantes conseguiram juntar mais de dois mil dóleres. “Eu consegui comprar o drone por 2.100 dóleres. Quero dar de presente para o meu pai”, explica Lara Mendes, do 6º ano.

Além do leilão, ainda puderam comprar outros itens livremente, como brinquedos e livros. “Eles se divertiram muito. Tenho certeza de que no ano que vem teremos mais participantes e mais gente visitando a biblioteca. A leitura prepara o aluno para ter uma melhor interpretação para a vida”, sublinha a professora Dolores Rosa, diretora escolar.

Veja fotos na galeria abaixo: