Notícias Adventistas

Colégio Adventista promove ‘Drive Thru do Reencontro’ para amenizar saudade

Na rua onde está localizada a fachada central da escola, os professores seguravam cartazes com frases de apoio que iam de encontro ao sentimento do dia, repleto de saudosismo e boas lembranças

Por Rebeca Silvestrin 26 de agosto de 2020

Para amenizar um pouco a falta que o ambiente escolar tem na vida cotidiana dos alunos, o Colégio Adventista unidade Jardim dos Estados promoveu, na última semana, o “Drive da Saudade”. A iniciativa, conta Jean Ribeiro, diretor do local, teve como objetivo além de levar algum conforto às famílias, também ouvi-las sobre o desempenho acadêmico dos alunos nesse período de distanciamento social. “Nós pensamos em duas questões para esse drive: a primeira delas foi para aliviar um pouco da saudade dos professores com os alunos e a segunda foi para que a gente pudesse receber de volta uma avaliação diagnóstica para medir o que os alunos aprenderam nesse momento longe da escola”, explica.

Para o momento do drive o colégio deu atenção especial à decoração da parte externa da instituição. Na rua onde está localizada a fachada central da escola, os professores seguravam cartazes com frases emotivas que iam ao encontro do sentimento do dia, repleto de nostalgia e boas lembranças. Se por um lado alguns alunos aproveitam esse tempo a mais em casa, por outro, grande parte dos alunos é unânime no mesmo sentimento de que as aulas presenciais fazem muita falta em suas rotinas. É o caso da pequena Alana França, aluna do Ensino Fundamental do colégio. “Eu não gostei muito desse novo formato. Tenho saudade de todo mundo aqui da escola, dos professores e dos alunos”, garante.

Mesmo longe de ser uma realidade ideal, o novo formato é necessário e a parceria entre escola e família, é fundamental para o bom aproveitamento do ano escolar dos alunos. Para a pedagoga Rute Norimatsu, mãe de aluno da rede, a metodologia de aulas on-line traz uma responsabilidade ainda maior. “Até hoje é complicado. Tenho explicado para o meu filho que agora a figura da mãe é, também, a da professora, por conta do momento que vivemos”, reforça.

O Colégio Adventista unidade Jardim dos Estados já montou o plano de biossegurança, mas o retorno presencial depende das autoridades. “Nós já nos adequamos ao plano e estamos preparados para esse retorno. Nossas salas estão todas adequadas para o retorno presencial respeitando o distanciamento de um metro e meio, com aferição de temperatura, álcool em gel em totens por todo o prédio, enfim, realizamos todo o processo para receber os nossos alunos quando formos autorizados”, pontua Jean.

Na unidade são aproximadamente 900 alunos e todos tiveram que se readaptar ao novo formato, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Por isso, nesse momento de incerteza, a iniciativa de promover um momento em que professores pudessem ver os seus alunos e onde os alunos tivessem mais próximos dos seus tutores, marcou de forma profunda àqueles que fazem parte da rede de ensino. E o desejo dos alunos Arhtur Norimatsu e das gêmeas Rebeca e Débora Doras parece ser unânime entre a maioria “Que a pandemia acabe e tudo volte ao normal”.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox