Notícias Adventistas

Cativar será palavra-chave para Educação Adventista no norte em 2019

Líderes nas áreas pedagógica e educacional da Educação Adventista para os estados do Pará, Amapá e Maranhão participaram de encontro de formação

Por Gerllany Amorim 19 de novembro de 2018

Líderes nas áreas pedagógica e educacional de sete campos da Educação Adventista para os estados do Pará, Amapá e Maranhão. (Foto: divulgação)

Entre os dias 12 e 14 de novembro, líderes das áreas pedagógica e educacional da rede Adventista de ensino no Norte do Brasil participaram um programa de formação nessas áreas. A capacitação foi realizada na sede da mantenedora da Rede Educacional Adventista para os Estados do Pará, Amapá e Maranhão, localizada em Ananindeua, região metropolitana de Belém.

O objetivo principal foi fomentar importantes discussões no meio educacional, como o papel do coordenador pedagógico, o impacto do clima organizacional positivo nas instituições de ensino, o ato de planejar, sistemáticas de avaliação da aprendizagem, entre outros.

O conteúdo da programação visou o início dos trabalhos e preparo prévio para o ano letivo de 2019 em 35 unidades escolares da Educação Adventista no Norte, quando as ações da rede serão marcadas pela palavra-chave “cativar”, tema gerador das atividades transversais do currículo educacional.

“A partir de 2019 – e pelos próximos anos – queremos que em cada Escola Adventista, por meio de cada um de seus servidores, ‘cativar’ seja o foco principal. Queremos cativar pelo atendimento individualizado, pela qualidade pedagógica, pelo ensino de valores, sempre com intencionalidade, para alcançarmos os melhores resultados em indicadores de lealdade de pais e alunos, bem como na área acadêmica”, afirmou o professor Henilson Erthal de Albuquerque, diretor geral das Escolas Adventistas do norte do Brasil.

Um dos momentos mais emocionantes do encontro foi quando se tratou do poder da expressão “eu te amo”, tão pouco pronunciada nos ambientes familiares e educacionais.

Segundo a professora Giselly Zahn Erthal, orientadora educacional e psicóloga da rede educacional adventista, a sensibilidade deve permear os relacionamentos e também cada procedimento na escola. “O amor verdadeiro é fundamental nesse processo. As pessoas precisam ser primeiramente cuidadas. Quando o acolhimento acontece, o aprendizado flui de maneira mais eficaz”, enfatizou a psicóloga.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox