Notícias Adventistas

Amizade entre alunos potencializa o aprendizado de princípios e valores

Estudantes e ex-alunos do Colégio Adventista de Itabuna contam como os vínculos de amizade foram importantes para o desenvolvimento como indivíduos

Por Evellin Fagundes 24 de outubro de 2018

Gabrielle (14), Igor (15), Henrique (14) e Fernanda (17) são colegas de escola e amigos na vida

Igor Cunha tem 15 anos e, como a maioria dos estudantes, tem uma rotina repetida por, pelo menos, 5 dias na semana. Para ele, existe um fator que faz a diferença para que o cotidiano não fique monótono: a companhia dos amigos da escola. “Sozinho você não tem ninguém para conversar, você fica solitário. Já com alguém ao seu lado você dá até risadas”, conta Igor. A parceria entre ele e os colegas do Colégio Adventista de Itabuna – CADI- , onde estudam, não se restringe às atividades pedagógicas propostas pela instituição, vai desde o auxílio para sua locomoção em sua cadeira de rodas até às brincadeiras no horário do intervalo.

Gabrielle, uma de suas amigas, reforça que o tempo passado na escola vai além do aprendizado intelectual. “Além de aprender as matérias, a gente aprende a lidar com as pessoas, com as diferenças e necessidades de cada um. São coisas que não vemos em livros, aprendemos com a convivência mesmo”, relatou. A psicologia confirma. Para essa ciência, a criação de vínculos no período escolar é importante para o desenvolvimento humano. “O indivíduo passa por três ambientes principais no período da infância: o familiar, o dos parentes e o da escola. Este último vai ajudar no desenvolvimento das habilidades sociais, que é possível através da interação com pessoas que são diferentes dele e de seu círculo primário. Isso ajudará no futuro, quando ele sair destes ambientes e ingressar nas relações no mundo do trabalho e nas relações pessoais, por exemplo”, explicou o Psicólogo Clínico e Educacional, Luís Soares.

Muito além do ensino

Com a proposta da Educação Adventista de ir “muito além do ensino”, esse ambiente escolar favorece o estabelecimento de relacionamentos saudáveis.  “Nós temos a preocupação em traçar algumas atividades ao longo do ano que sejam transversais aos conteúdos apresentados. Isso faz com que nossos alunos sejam formados também em seu caráter”, declarou a diretora do Colégio Adventista de Itabuna, Joelma do Vale.
O psicólogo Luís completa. “A escola também é um ambiente promotor do desenvolvimento de outros componentes como a empatia, comunicação e habilidades educativas e de civilização, tudo isso é facilitado quando o indivíduo se permite interagir com colegas e professores”, disse.

Os ex-alunos Tiago e Maylena atribuem parte da formação do caráter às experiências vividas no Colégio

Aprendizado para além do tempo
Tiago Edson, engenheiro agrônomo e ex-aluno do CADI , relembra emocionado de momentos marcantes em seu período neste colégio, principalmente com as turmas de 1997 a 1999. “Aos 15 anos eu perdi meu pai, era 1997, e senti que minha família foi ampliada de forma grandiosa pelos meus colegas, que me ajudaram muito nessa fase. Foi um sentimento de acolhimento, de amor, de carinho”, contou. Tiago revela que, atualmente, essa turma sempre promove encontros, agora acompanhados de seus respectivos cônjuges e filhos. “Ter estudado lá foi uma experiência maravilhosa porque o ambiente nos ajudou a ser pessoas diferentes, pessoas que tinham uma esperança, uma perspectiva diferente. Continuamos oramos uns pelos outros, queremos e esperamos sempre o melhor um do outro”, finalizou. A assistente social, Maylena Rios, que foi sua colega de turma, concordou. “Todas as experiências vivenciadas na escola me tornaram o que sou hoje como mãe, como mulher, como profissional, como ser humano”, completou.
A amizade entre Igor e seus colegas já ultrapassou as barreiras da sala de aula e, por indicação de seus colegas, ele passou a fazer parte do Clube de Desbravadores e a frequentar a Igreja Adventista, o que resultou em seu batismo. “Pra mim eles já são uma família, uma família de amigos que são bastante importantes. A intenção é que a amizade vá além,” completou.

Veja esta reportagem em vídeo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox