Notícias Adventistas

Alunos montam varal com cartas em apoio ao Setembro Amarelo

Alunos da Escola Adventista da Serra, na Grande Vitória, preencheram varal com cartas e livros sobre esperança. Iniciativa tem a ver com o Setembro Amarelo.

Por Leonardo Saimon 4 de setembro de 2020

Alunos da Escola Adventista da Serra (EAS) montam varal com mensagens de esperança (Foto: Ana Paula Oliveira)

Alunos da Escola Adventista da Serra (EAS), na Grande Vitória (ES), preencheram um varal com cartas elaboradas por eles e livros. O material fala de esperança numa ação que conversa diretamente com a campanha anual do Setembro Amarelo. A iniciativa foi desenvolvida em formato de drive-thru, embora os alunos tivessem a oportunidade de pendurar as mensagens no espaço em frente à escola. A mobilização é chamada de Setembro Amarelo: mais amor a vida e ocorreu nesta sexta-feira (4), das 9h às 11h . Mas a ideia é que o projeto ganhe uma segunda edição no dia 25 de setembro. Somente neste primeiro dia, mais de 200 cartas foram entregues.

Leia também:

“Considerando a importância da valorização da vida, aproveitamos o mês de setembro onde já é focado em ações de prevenção ao suicídio e pensamos em trabalhar a solidariedade, a afetividade dos alunos em forma de cartinhas e bilhetinhos com mensagens de apoio e valorização da vida”, explica Elaine de Souza, uma das professoras idealizadoras da ação.

O varal estará montado à disposição da comunidade durante todo o mês. Uma placa no local sinaliza que os bilhetes e livros estendidos na frente da escola são gratuitos e trazem mensagens de esperança. Os alunos também ganharam uma literatura para distribuirem onde moram.

Reações positivas

Athos Figueiredo, aluno do oitavo ano, chegou cedo para participar da ação (Foto: Ana Paula Oliveira)

Athos Figueiredo, aluno do oitavo ano, chegou cedo acompanhado do pai. Ele entendeu que o projeto provoca um olhar mais sensível para este tema. “Nós estamos contribuindo para uma sociedade melhor. Porque esse é um problema que atinge várias pessoas e muitas vezes é ignorado”, corrobora.

Toda a escola está envolvida, mas nesta primeira fase do projeto apenas parte dos alunos esteve presente e deu o ponta pé no projeto. Algumas cartas foram confeccionadas e anexadas em um coração, de cor amarela – em alusão à campanha.

Outras mensagens foram escritas em formato de cordel, um gênero literário brasileiro estudado em sala de aula. Gravuras foram desenhadas pelos estudantes em cartazes e alguns trouxeram exemplares da Bíblia para serem distribuídas. A ação também faz parte das atividades pedagógicas desenvolvidas pela escola que contemplará matérias como Educação Artísticas e Língua Portuguesa.

A Camila Bita trouxe a filha Yasmin. A mãe acredita que a mensagem é pode vir em boa hora.

“É importante porque pode criar esperança no coração das pessoas porque tem muitas [pessoas] que até perderam, né? A esperança de que tudo isso pode melhorar”, pondera.

Varal solidário montado em frente à Escola Adventista da Serra (Foto: Ana Paula Oliveira)

Durante a ação, dezenas de livros para adultos e crianças foram entregues. Professores distribuíram a literatura em pontos próximos à escola. O material está armazenado em uma sacola plástica e higienizado por questões de segurança. Elisabete Bahiense, também idealizadora do projeto, destacou que a medida ajuda os alunos a ressignificarem a campanha de combate ao suicídio.

“Eles confeccionaram cordéis e esses cordéis têm o intuito de transmitir paz, amor e alegria às pessoas. Para que eles entendam que setembro não é apenas sobre conscientização como também um mês para se transmitir amor”, reforça Elisabete.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox