Notícias Adventistas

Alunos conhecem time de paravolei de Maringá em incentivo à prática de esporte

Partida demonstrativa de vôlei sentado fez parte do projeto Vida e Saúde

Por Gustavo Cidral 27 de fevereiro de 2019

Alunos assistem à apresentação feita pelos jogadores da Assama (Fotos: Gustavo Cidral)

Praticar atividades físicas não é algo restrito a quem tem todos os membros do corpo ou consegue se movimentar sem dificuldades. Os Jogos Paralímpicos são uma prova de que pessoas com deficiência têm a oportunidade de serem esportistas. O paravolei, ou vôlei sentado, é uma adaptação da modalidade para quem gosta de sacar a bola na quadra. Os alunos da Escola Adventista de Maringá, bairro Zona 7, conheceram esse esporte na quadra da escola em uma demonstração feita pelo time da Assama (Associação dos Deficientes por Amputação de Maringá), em que alguns estudantes e professores puderam participar.

A equipe da cidade tem 17 jogadores que treinam três vezes por semana: toda terça, quinta e sábado. Entre as conquistas estão o primeiro lugar nos Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (Parajaps) e o terceiro lugar na Série B do Campeonato Brasileiro, dando acesso à Série A, onde o time se mantém há cinco anos.

Time é formado por pessoas que tiveram algum membro amputado ou nasceram com deficiência física

Oportunidade de recomeçar

O integrante mais antigo da equipe é Júlio César de Oliveira. O estudante de Arquitetura sofreu um acidente de trabalho quando era caminhoneiro e teve a perna esquerda amputada. O fisioterapeuta o incentivou a praticar algum esporte e apresentou a Assama, que também tem um time de futebol paralímpico. Desde então, faz 10 anos que Júlio treina. “Num evento com este, a gente mostra para a criança que não precisa ter aquele olhar de dó para o deficiente, elas veem que você é normal, igual a elas”, afirma.

Foi uma novidade para Gabriela Belotti, de nove anos, que até então só tinha visto o convencional vôlei em pé. Para a aluna do 4° Ano, “mesmo você tendo alguma deficiência, você pode ser feliz e fazer o que gosta”.

Projeto Vida e Saúde promove a prática de esportes

A atividade foi realizada no dia 26 de fevereiro, no lançamento do projeto anual Vida e Saúde em toda a rede da Educação Adventista. A intenção é incentivar os estudantes a terem um estilo de vida saudável. Ao longo do ano, as escolas abordarão outros aspectos da saúde, como luz solar e água. A Gabriela captou esse recado também: “eu já praticava esporte aqui na Educação Física e na aula de futsal, mas para a gente ter uma saúde boa a gente tem que melhorar ainda mais”.

Veja abaixo mais fotos da atividade:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox