Notícias Adventistas

Alunos aprendem a fazer horta urbana e descarte de óleo de cozinha na Semana do Meio Ambiente

Durante Semana do Meio Ambiente alunos da Rede Adventista em Sergipe aprendem a preservar a natureza em parceria com a Prefeitura.

Por Luciana Santana Diniz 4 de junho de 2021

Alunos aprendem a fazer horta urbana em parceria com a Prefeitura Municipal de Lagarto. (Foto: colaboração).

Na semana do meio ambiente, a Educação Adventista em Sergipe, realizou ações de conscientização para alunos, responsáveis e professores. Na Escola de Lagarto, uma parceria com a Prefeitura Municipal ensinou os estudantes a fazerem hortas urbanas utilizando objetos descartáveis. Já na Escola do Siqueira Campos, situada na capital sergipana, as crianças aprenderam a armanezar corretamente o óleo de cozinha e trocaram por sabão. A ação aconteceu junto com a Recigraxe, cooperativa que reutilizará o material coletado na fabricação de sabão.

Material utilizado para a horta urbana. (Foto: colaboração).

Você as sabia que garrafas pets e pneus demoram mais de 500 anos para se decompor quando dispensados na natureza? Pensando em reaproveitar estes objetos e ensinar aos alunos e professores como preservar a natureza em seu cotidiano, a Secretaria de Agricultura (Semagri), visitou a Escola Adventista de Lagarto e realizou oficinas educativas de como construir hortas urbanas com materiais recicláveis.

Horta urbana suspensa na Escola Adventista de Lagarto. (Foto: colaboração).

Os técnicos da Semagri ensinaram como devem ser plantadas hortaliças, alface, coentro, cheiro verde e milho da variedade crioula utilizando pets e pneus. Segundo a diretora da Escola Adventista de Lagarto, Denise Santana, muitos alunos tiveram a sua primeira experiência agrícola na vida. “Foi um dia de muito aprendizado ambiental e experiências diferentes para os alunos, que não tinham noção de como era o processo do plantio e como os alimentos chegam à mesa”, coloca.

Segundo o secretário de Agricultura da Prefeitura Municipal de Lagarto, Tulio Simões, “a garotada aprendeu que o milho da variedade crioula não é transgênico, ou seja, não é um cereal geneticamente modificado. E que eles também descobriram entusiasmados que mesmo em um pequeno espaço de suas casas é possível criar uma hortinha, cultivar, colher e se alimentar de produtos naturais, gerando principalmente a chamada economia de subsistência”.

Alunos trocam óleo de cozinha por sabão em sala de aula 

Aluna coleta óleo em recipiente para descarte como aprendeu em sala de aula. (Foto: colaboração).

Já na Escola Adventista do Siqueira Campos, situada em Aracaju-SE, as crianças se mobilizaram nas redes sociais gravando vídeos sobre dicas de preservação do meio ambiente em seu dia a dia. Além disso, trocaram óleo de cozinha utilizado durante a semana em casa por sabão durante a aula em parceria com cooperativa Recigraxe.

De acordo com a responsável pela Educação Adventista em Sergipe, Walquíria Bezerra, toda a rede no estado se mobilizou para conscientizar os alunos, responsáveis e mestres, sobre a necessidade da preservação do meio ambiente. “Temos uma missão de cuidar da criação do nossos Deus nesta Terra, por isso, a nossa responsabilidade é maior conscientizar com ações os nossos alunos é fundamental para a sociedade”, coloca.

A aluna Vitória Stwart, de 9 anos, aprendeu que “não deve jogar óleo de cozinha na pia para não poluir o meio ambiente e não encher a caixa de gordura. O certo a ser feito é colocar o óleo em um recipiente com tampa e aguardar a coleta seletiva passar ou doar para a Recigraxe que transformará o óleo em sabão”, informa.

Alunos gravam vídeos dando dicas de como preservar o meio ambiente. ( Foto: colaboração).

Alguns alunos foram incentivados a levarem o óleo de cozinha coletado durante a semana em casa para ser trocado em sala de aula por sabão. “Aprendemos muito durante essa semana sobre como conservar o meio ambiente”, finaliza a aluna Vitória.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox