Notícias Adventistas

Aluno da Educação Adventista recebe prêmio em concurso de documentários

Vídeo foi alicerçado na temática sobre a Lei Maria da Penha.

16 de março de 2014
Aluno-da-Educacao-Adventista-recebe-premio-em-concurso-de-documentarios2

Yan segura certificado de participação em concurso que premiou seu trabalho

Brasília, DF … [ASN] O Salão Nobre da Câmara dos Deputados recebeu no dia 12 de março os vencedores da 2ª edição do Concurso de Curta Documentário sobre a Lei Maria da Penha, promovido pela a bancada feminina do Congresso Nacional. O vídeo escolhido na região Centro-Oeste foi inscrito pelo aluno Yan Carlos de Souza, que cursa o segundo ano do ensino médio no Centro Educacional Adventista do Gama, no Distrito Federal.

Com a ajuda dos professores e dos colegas de sala de aula, Yan produziu, gravou e editou o vídeo “Poderia ser você”. Por meio de uma comissão julgadora foram escolhidos cinco vídeos, um para cada região do Brasil. Um sexto vídeo foi escolhido através do voto popular pela internet. Cada produção deveria ser inscrita por estudantes do ensino médio, de 14 a 18 anos, e ter até cinco minutos de duração.

Leia também:

“Conversamos com os professores e resolvemos participar. Discutidos com os colegas de classe sobre o assunto, pesquisamos bastante, inclusive usando o material do Projeto Quebrando o Silêncio, que nós já havíamos participado antes, e enviamos o vídeo”, conta Yan.

Acompanhado da mãe e da professora, Simone de Souza, ambos foram homenageados pelas autoridades presentes. Como prêmio, eles receberam um troféu e um tablet.

Além da sala de aula

Aluno-da-Educacao-Adventista-recebe-premio-em-concurso-de-documentarios

Curtas foram produzidos com base na Lei Maria da Penha

Os trabalhos vencedores serão exibidos nos meios de comunicação da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Ministério da Educação. Os vídeo também serão traduzidos para o inglês, francês e espanhol e divulgados pelo Banco Mundial, parceiro do projeto.

Para Alcione Barbalho, deputada e procuradora da mulher da Câmara dos Deputados, órgão de defesa e fiscalização para receber, examinar e encaminhar denúncias de violência e discriminação contra a mulher, o concurso teve resultados positivos não só para pela disseminação da Lei que protege as mulheres, mas também pelo cunho educacional que ele proporcionou.

“Sem dúvida não basta saber que a Lei Maria da Penha existe, ela precisa ser, acima de tudo, conhecida, discutida e divulgada. Fazer esse evento com os alunos do ensino médio é muito importante porque eles passam a discutir esses hábitos dentro de casa, dentro da sala de aula”, comenta.

Para assistir todos os vídeo selecionados, acesse o site www.curtamariadapenha.com.br. Abaixo, confira a produção de Yan. [Equipe ASN, Liane Prestes]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox