Notícias Adventistas

Além da sala de aula: Um aluno com deficiência, um professor iniciante e uma amizade para a vida

Encontro reúne profissionais da Educação Adventista do Sudeste e homenageia professores que deixaram marcas positivas na vida dos alunos

Por Fernanda Beatriz 29 de julho de 2019

Marcelo Pereira (esquerda) foi aluno do professor Igor Azevedo durante os três anos do ensino médio

Com um ano de idade, Marcelo Pereira sofreu uma parada cardíaca em decorrência de uma pneumonia. Os três minutos que ele passou sem oxigênio no cérebro comprometeram seu desenvolvimento.

Leia também:

Os aspectos cognitivo e motor do garoto foram prejudicados. Mas, de todas as dificuldades enfrentadas durante a infância e adolescência, a maior foi a busca por inclusão. “A gente começou a fazer de tudo para que ele fosse inserido, incluído, porque a gente percebia as dificuldades e eu como professora sabia que seria um caminho difícil”, afirma a mãe de Marcelo, Rosângela Pereira.

Depois de passar por algumas escolas, já prestes a cursar o ensino médio, a família de Marcelo conheceu uma escola adventista situada em Lavras, cidade onde a família mora. Apesar de ser distante de casa, Rosângela aceitou matricular o filho no colégio da Faculdade Adventista de Minas Gerais (Fadminas).

A partir daí, a palavra inclusão ganhou sentido para a família. “Ali ele recebeu, além dos conhecimentos, muito carinho, inclusão e apoio. Ele desenvolveu muito, criaram a estrutura para ele pesquisar, sempre tinha alguém do lado, um colega, um professor”, recorda Rosângela.

E um dos professores que sempre estavam ao lado de Marcelo era Igor Azevedo, que leciona física na Fadminas. “Eu nunca vou esquecer quem ele foi para mim: uma pessoa excelente que me ensinou que na vida não podemos ter pressa para fazer nada, tudo tem sua hora”, pontua Marcelo.

Professor Igor durante homenagem no Encontro de Educadores (Foto: Arthur Henrique)

Pelo reflexo deixado na vida do estudante, o professor Igor recebeu uma homenagem nesta segunda-feira, 29, durante o Encontro de Educadores realizado em Aracruz, no norte do Espírito Santo. O evento reúne 1.250 profissionais da Educação Adventista dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.

“Ao mesmo tempo em que foi um desafio [ser professor de Marcelo], ele me apoiou muito, pois ele é muito divertido. E aí eu fui adaptando o conteúdo. Senti muito a falta dele, depois que ele concluiu o ensino médio”, declarou o professor Igor após receber a homenagem.

Assista ao vídeo exibido durante a homenagem:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox