Notícias Adventistas

Adventure School estimula a atividade física e a interatividade entre alunos

Mais de 500 alunos da rede educacional adventista de Goiás participam de jogos interescolares.

18 de maio de 2016
13217068_856536791119478_4689900599780315691_o

Alunos do CAJE exibem as medalhas e a bandeira da torcida organizada do colégio.

Goiânia, GO… [ASN] Mais de 500 alunos da Rede Adventista de Educação participaram nos dias 16 e 17 de maio do Adventure School 2016. A competição envolveu as escolas Adventistas de Goiânia e Anápolis.

Os alunos participaram de modalidades como, por exemplo, vôlei, basquete, futsal e handebol. Os colégios CGA, CEANM e CASPL ganharam troféus de primeiro, segundo e terceiro lugar respectivamente, na classificação geral. Os alunos também receberam medalhas de acordo com a colocação.

Os alunos do sexto ano do ensino fundamental até o terceiro ano do ensino médio puderam interagir com outros colégios, além de reafirmar entre eles a importância da atividade física e da prática de esportes.

Fábio Lira, diretor do colégio CAJE, ficou impressionado com a garra e a dedicação dos alunos. “Parecia que estavam disputando Copa do Mundo”, brinca.

De acordo com ele, é muito importante despertar nos alunos essa dedicação por uma causa, mesmo que seja um esporte. “Tudo na vida deve ser feito com dedicação e temos que ensinar aos alunos que isso serve para qualquer área da vida. Eu percebi que eles estavam sentindo na pele o que é se dedicar ao máximo a uma causa”, complementa Lira sobre seus alunos do sétimo ano que levaram a medalha de ouro no futsal.

Diretor Fábio Lira ao centro com adminitrsdores do colegio, professores e doisalunos que participaram da competição.

Diretor Fábio Lira ao centro com administradores do colégio, professores e dois alunos que participaram da competição.

Conforme Gabriela Wolff, coordenadora geral da rede educacional adventista de Goiás, o evento proporcionou aos alunos um momento para construção de vínculos e amizades, além de valorizar a inteligência corporal cinestésica. “Nós queremos valorizar aquele aluno que é capaz de utilizar o corpo, os movimentos, fazer com eles se desenvolvam”, explica Gabriela.

A competição aconteceu pela terceira vez no estado e há cada ano um número maior de alunos tem participado.

Gabriela afirma que o Adventure School é o ponto alto do aspecto esportivo das Escolas. “É ali que os alunos têm a oportunidade de testar seus limites junto com outros alunos da mesma idade de outras escolas. Ele tende a reforçar a mensagem que nós temos procurado transmitir e viver, que nosso corpo é uma ferramenta importante que precisa do exercício para funcionar plenamente”, acrescenta Gabriela.

Este ano, o evento teve uma importância ainda maior, porque é o ano que a rede está trabalhando a importância da atividade física em todas as Escolas Adventistas. [Equipe ASN, Jéssica Veloso] Fotos: Colaborador local

Veja Também

WordPress Image Lightbox