Notícias Adventistas

Ação do UNASP e parceiros irá distribuir 24.660 refeições

Por Glória Barreto 13 de maio de 2020

Serão 1.370 pessoas beneficiadas de segunda à sábado até o dia 30 de maio na ação solidaria articulada entre o UNASP, SESI e ASA

A expectativa é atender 24.660 pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP), o Serviço Social da Indústria (SESI) e a Assistência Social Adventista (ASA), está distribuindo gratuitamente desde segunda-feira (11), no bairro Cidade Universitária, em Engenheiro Coelho (SP) e em diversos bairros da cidade de Hortolândia 1.370 refeições diárias até o dia 30 de maio. A ação que visa suprir uma necessidade básica, limitada neste período de pandemia, principalmente aos menos favorecidos. Nos 18 dias de distribuição, a expectativa é atender 24.660 pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Funcionamento da entrega em Engenheiro Coelho

Atendendo as recomendações das autoridades sanitárias brasileiras e buscando evitar aglomerações, um cadastro online já está aberto e deve ser feito pelos interessados para a retirada das refeições. Esse cadastro é único e válido para todo o período. O link de acesso é bit.ly/asaunasp.

Diariamente serão entregues senhas as pessoas cadastradas das 7h30 às 9h30 e a entrega das refeições será às 14h. A senha o e alimento devem ser retirados na Tenda UNASP, localizada na rua Lery de Souza Duarte, 377, bairro Cidade Universitária.

A organização da distribuição está orientando os interessados ao uso obrigatório de máscara de proteção facial, distanciamento de 2 metros na fila, além de evitar cumprimentos físicos. Em um total de 850 marmitas doadas diariamente.

Funcionamento da entrega em Hortolândia

Diariamente a equipe da ASA busca as marmitas no SESI e entrega para as 520 pessoas cadastradas no município de Hortolândia.

A Ação Solidária Adventista (ASA) de Hortolândia está a frente das entregas de refeições nos bairros do município, recebem as marmitas famílias carentes previamente cadastradas e também duas instituições que atendem idosos. Um total de 520 marmitas doadas diariamente.

Um dos grupos que está sendo atendido é a comunidade africana que fica próxima ao Unasp Hortolândia, são 68 pessoas que têm recebido diariamente as marmitas. Esses africanos estudam ou estão tentando a vida no Brasil e muitos eram mantidos por seus pais ou parentes da Angola, mas com a crise, não tem recebido mais este auxílio.

A angolana Cristina Marcelino mora com seus seis filhos e esposo, mas devido a crise está abrigando mais três pessoas dentro de casa. Ela conta como o projeto tem ajudado sua família.  “No início do ano já não estava fácil, mas estava tudo ajustado, nós estávamos trabalhando, tínhamos uma renda. Com a epidemia, mandaram a gente embora, ficamos em casa e as coisas estão um pouquinho complicadas. Essas marmitas estão ajudando, porque é uma refeição a mais, uma refeição garantida na minha família”. Ao receber as marmitas Christina acrescentou: “eu agradeço pelas doações que estão vindo pra nós da comunidade africana e para as pessoas que estão precisando, não só no Brasil, mas em várias partes do mundo”.

Outras ações

Durante este período de pandemia, ações pontuais buscam auxiliar a comunidade do entorno dos campi Unasp. Já foram distribuídas 1,5 toneladas de alimentos (in natura), como verduras e legumes, 2 mil cestas básicas, além de recursos para aquisição de itens de necessidades primárias.

Destaque na Mídia

O projeto foi divulgado por diversos veículos da região, entre eles o site do G1 e no jornal da EPTV,  filial da Globo na cidade de campinas, SP.

Reportagem sobre e ação foi veiculada no jornal da EPTV, filial da rede globo em Campinas, SP.

 

 

 

Crédito de imagens – Natalia Padovani

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox