Notícias Adventistas

Pastores, professores e líderes passam por treinamentos

Uma grande comissão é convocada para escolher os novos líderes dos ministérios da Igreja Adventista todos os anos. Mas será que esses novos líderes sabem o trabalho que eles devem fazer durante o ano? Veja mais:

23 de fevereiro de 2016
Grupo dos pastores no centro de treinamento, em Cotia.

Grupo dos pastores no centro de treinamento, em Cotia.

São Paulo, SP… [ASN] Todos os anos, a maioria das Igrejas Adventistas passam por reformulações em sua liderança. Para algumas, essa prática acontece a cada dois anos ou até mais. Uma grande reunião é convocada para escolher os novos líderes dos ministérios da Igreja. Mas será que esses novos líderes sabem o trabalho que eles devem fazer durante o ano?

Para capacitar estes recém chegados diretores de departamentos, a sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia para região central de São Paulo (Associação Paulistana), oferece todo inicio de ano treinamentos para os novos líderes.

Entretanto, esses treinamentos não acontecem somente para os membros das respectivas igrejas. Todos os pastores, colportores e funcionários dos colégios passam por capacitações, treinamentos, palestras e concílios no início de cada ano.

Funcionários e professores dos colégios do campo em treinamento.

Funcionários e professores dos colégios do campo em treinamento.

Todos esses treinamentos tem o objetivo de unificar e alinhar os projetos e atividades promovidos pela Associação Paulistana, aliado às igrejas, escolas, entre outras instituições.

Segundo Levi Gomes, pastor do distrito de Grajaú, estes treinamentos são muito importantes, pois o pastor pode conciliar os projetos que ele tem com seu distrito, junto as atividades da Associação. “Quando nós visualizamos todos os projetos, nós podemos planejar a visão, missão e todas as atividades que vamos fazer durante o ano”, afirmou Levi.

Já para a professora Larissa Camargo, que está em seu primeiro ano de trabalho na sala de aula. Essa capacitação mostrou pontos fundamentais que vão além do espaço acadêmico. “Eu sai de lá não somente uma profissional mais capacitada, mas também uma pessoa melhor”, disse Larissa. [Equipe ASN, Augusto Cavalcanti]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox