Notícias Adventistas

Economia

Plataforma conecta quem busca e quem oferece empregos

Iniciativa da Igreja Adventista para os Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo auxiliará pessoas de todo o Brasil que estão com dificuldades de se posicionar no mercado de trabalho


  • Share:

O 7Job já está no ar e disponível para cadastros. (Foto: Divulgação)

No Brasil, o total de empregos com carteira assinada perdidos, desde o início da pandemia, já supera 1,5 milhão. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) revelam a situação da economia nos últimos meses: a taxa que calcula a proporção de pessoas ocupadas dentro da população em idade de trabalhar é a pior desde 1992: cerca de 46,8%.

Pensando em ajudar aqueles que perderam seu emprego e não conseguem se reposicionar no mercado de trabalho, a Igreja Adventista na região Sudeste lançou o site 7Job. Na ferramenta é possível cadastrar currículos e serviços, buscar profissionais e, ainda, se desenvolver no empreendedorismo.

Conheça o 7Job

O criador da plataforma é o pastor Thiarlles Boeker, diretor do departamento de Mordomia Cristã para a região. Ele explica que o 7Job vem como a proposta de ser um espaço para network. "É para quem busca um emprego formal ou mesmo uma vida empreendedora. Nosso objetivo é criar uma praça de negócios e desenvolvimento. É uma forma de dizer que nos preocupamos com o que está acontecendo e que algo está sendo feito para somar a esta necessidade do momento”, explica.

Basicamente, o 7Job vai agregar um banco de currículos profissionais de várias partes do Brasil. Empresários terão acesso aos dados e poderão buscar profissionais, bem como oferecer seus serviços.

Empreendedorismo

O 7Job possui uma aba destinada ao desenvolvimento de carreia, munida com conteúdos como podcast, artigos e vídeos. Entre outros assuntos, compartilha dicas sobre como empreender, já que essa se tornou a realidade de muitos profissionais.

Impulsionados pela crise, os brasileiros buscaram na atividade empreendedora uma alternativa de renda. Nos nove primeiros meses de 2020, o número de empreendedores individuais (MEI´s) cresceu 14,8%, em relação ao ano anterior.

Confira o primeiro podcast: