Notícias Adventistas

Discipulado e Mordomia são temas de encontro de líderes no Rio

Mais de mil líderes se reuniram na IASD Central do Rio.

Por Douglas Pessoa

Encontro foi marcado por palestras e momentos de reflexão espiritual.

Especialistas em relações humanas são unânimes em concordar que a amizade é uma forma segura de construir relacionamentos saudáveis. Ela, inclusive, contribui para a nossa felicidade e para aproximar pessoas de um bem comum. Exatamente por isso a Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) tem incentivado os fiéis a colocarem a amizade em prática nos projetos evangelísticos. Uma forma de mostrar para as pessoas que igreja pode sim ser um local de ter relacionamentos saudáveis com os amigos e com Deus.

Esse incentivo tem sido feito através de eventos como o que reuniu líderes adventistas no último domingo (04) na IASD Central do Rio de Janeiro. Mais de mil pessoas estiveram presentes no encontro que teve como tema “Cooperadores de Deus”. A frase faz referência ao objetivo da reunião que era aliar o ciclo do discipulado com a Mordomia Cristã. “Nossa intenção é motivar cada líder da igreja a se tornar um cooperador de Deus. Queremos que ele saia daqui e leve os princípios para os fiéis de suas igrejas locais. Ou seja, a ideia é fazer com que todo mundo coloque Deus como prioridade na sua vida. Pois quando você o coloca em primeiro lugar, a fidelidade é inveitável”, explica o pastor Jorge Willian, líder do departamento de Mordomia Cristã no Rio.

Esse conceito de fidelidade mencionado pelo pastor é o ponto onde o discipulado se encontra com a Mordomia Cristã. Um ministério que é responsável pela existência e manutenção da Igreja e também pelo momento em que o cristão demonstra confiar plenamente em Deus, através do plano bíblico de administração dos recursos. “Mordomia é fidelidade e vida espiritual sendo colocado em prática”, afirma o pastor Demóstenes Neves, um dos palestrantes do encontro. Segundo ele, entender plenamente os fundamentos da Mordomia é muito importante para o avanço da mensagem cristã. “Compreender os objetivos desse ministério e entender como ele se enquadra dentro da moldura bíblica é fundamental para o avanço da causa”, pontua.

Tema faz referência à relação entre discipulado e mordomia.

Essa foi a terceira edição do encontro, também chamado de Fórum de Líderes. Durante boa parte do evento o público foi dividido em três grandes grupos de acordo com sua área de atuação. As pessoas comprometidas com o público infantil se agruparam em uma sala enquanto líderes de jovens, Desbravadores e Aventureiros se reuniam em outra. De acordo com os organizadores, o objetivo foi falar numa linguagem mais próxima ao tipo de trabalho que eles exercem em suas igrejas. “Nós fizemos essa divisão também porque estamos entregando materiais em linguagens específicas para esses diferentes líderes. Apesar da divisão, a ideia é atingir a igreja como um todo”, alega.

Nadir Dias de Araújo foi uma das participantes do encontro. Ela, que mora em Petrópolis e sempre está presente em eventos desse tipo, fez questão de participar por causa do novo aprendizado. “É preciso falar sempre sobre esse assunto, mesmo que já tenhamos muito tempo de participação na igreja. Mordomia nada mais é do que servir e fazer a vontade de Deus”, pontua.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox