Notícias Adventistas

“Voltei para a igreja graças às fervorosas orações de minha irmã”

Nazaria Pinazo, enfermeira de 53 anos, ama pregar sobre o amor de Cristo para muitas pessoas.

Por Veronica Quispitongo 23 de fevereiro de 2019


Nazaria Pinazo foi abençoada por conhecer a mensagem de Cristo quando ainda era muito jovem. Ela foi um dos primeiros membros de sua família a aceitar a Jesus através do batismo, mas também um dos primeiros a abandonar a Igreja Adventista.

Nazaria Pinazo, na igreja de Guarambaré, Paraguai. (Foto: Cortesia de Ana Pinazo)

Embora, a princípio, o principal problema de sua saída tenha sido o trabalho no sábado, com o passar do tempo, este acabaria dando-lhe a possibilidade de voltar. “Eu tive a oportunidade de voltar, mas sentia que havia falhado com Deus. Achava que devia ser perfeita para entrar de novo, mas, com o passar do tempo, percebi que estava equivocada”, comenta.

Ela esteve fora da igreja por 20 longos anos. Nesse tempo, os outros membros de sua família aceitaram a mensagem da salvação pela primeira vez e tentavam convencê-la a voltar. “Minha irmã Ana estava sempre a par da minha vida e me convidava para voltar para a igreja. Eu me lembro que quando precisava de uma oração, acudia a ela, que sempre me ouvia”, diz Nazaria.

Leia também:

O tempo passou até que algo impressionante aconteceu em sua vida. Cada vez que ela adormecia, sonhava com a segunda vinda de Jesus. “Eu via como meus irmãos eram resgatados e iam nas nuvens junto com os anjos, mas ficava sozinha em meu lugar. Isso me dava muito medo”, confessa.

O mesmo sonho perseguiu Nazaria por um longo tempo. Então, ela decidiu compartilhar esse sonho com sua irmã Ana, que lhe confessou que orava por sua volta aos pés de Jesus havia muitos anos. Essa confissão fez com que ela entendesse que os sonhos que a perseguiam eram o toque do Espírito Santo novamente em seu coração para ela voltar à igreja.

Membros da Igreja Adventista de Guarambaré, Paraguai. (Foto: Cortesia de Ana Pinazo)

“Depois de saber que minha irmã orava por mim, comecei a me entregar a Jesus todos os dias. Foi assim que uma noite ouvi uma voz suave, doce e cálida que me dizia: “Eu sempre vou esperar por você”. Para mim, foi a voz de Deus me falando e me dando uma nova oportunidade”, diz ela.

Após esse tempo, Nazaria voltou à igreja e se tornou uma grande líder. Ela gosta muito de pregar sobre o amor de Cristo. Ela participa dos pequenos grupos e é a diretora da Escola Sabatina de sua igreja, em Guarambaré, Paraguai.


Participe dos 10 Dias de Oração e 10 Horas de Jejum. O projeto acontece em oito países da América do Sul de 14 a 23 de fevereiro, e diariamente apresenta reflexões e motivos específicos de oração. Conheça mais detalhes em: adventistas.org/10dias

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox