Notícias Adventistas

Semana do “Quebrando o Silêncio” pode virar lei em Minas Gerais

Projeto que institui a Semana Estadual do Quebrando o Silêncio está em tramitação na Assembleia Legislativa de MG.

Por Renata Paes 27 de agosto de 2019

 

Foram recebidos no gabinete do deputado Douglas Melo, o presidente da AMC, Pr. José Marcos de Oliveira ( à esquerda), juntamento com o casal Rita e Cláudio Hirle (ao centro), acompanhados ainda do pastor da Igreja Adventista de Sete Lagoas, José Alves e mais as representantes do Ministério da Mulher da Igreja de Sete Lagoas.

Em agosto, quando os adventistas se mobilizam em passeatas, feiras de saúde, palestras e distribuição de materiais contra a violência, um Projeto de Lei (PL) foi apresentado na Assembleia Legislativa, com a finalidade de estabelecer a Semana Estadual do Quebrando o Silêncio em toda Minas Gerais (MG).

A proposta do PL é que o Estado tenha oficialmente no calendário anual, uma semana de atividades educativas nas escolas públicas, que orientem, alertem e combatam a violência contra crianças, mulheres e idosos.

Leia Mais:

O PL foi apresentado pelo deputado estadual Douglas Melo, que baseou o projeto de acordo com os princípios do Quebrando o Silêncio, campanha idealizada pela Igreja Adventista, que visa lutar contra todos os tipos de violência existentes na sociedade.

O presidente da Associação Mineira Central (AMC), Pr. José Marcos de Oliveira; o secretário, Cláudio Hirle; a líder do Ministério da Mulher para Belo Horizonte, Rita Hirle, junto com outros membros da Igreja, estiveram no gabinete de Douglas Melo para tratarem do Projeto de Lei, que segue no aguardo da aprovação pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox