Notícias Adventistas

Adventistas realizam passeatas contra abuso e violência no oeste do Paraná

Mais de 40 mil revistas e folhetos sobre o tema foram distribuídos em ações realizadas no oeste do estado.

8C6A4498

Passeatas enfatizaram a importância de quebrar o silêncio e denunciar abuso e violência.

Cascavel, PR… [ASN] O som vindo da fanfarra do clube de Desbravadores despertou curiosidade nos moradores de Cascavel, que cumpriam atividades rotineiras no centro da cidade, na manhã de sábado (22). O barulho ritmado incomum, seguido de uma tropa de 300 pessoas, foi o meio utilizado pelos adventistas do município para chamar a atenção da população. A passeata que percorreu a avenida Brasil – principal e mais longa via urbana cascavelense – foi uma ação oficial do projeto Quebrando o Silêncio, no dia de ênfase contra o abuso e a violência.

Na ação, 2 mil panfletos e revistas do projeto foram distribuídos em comércios, calçadas, praças e trânsito. As revistas, direcionadas ao público infantil, adolescente e adulto, abordam assuntos com linguagem específica para cada faixa etária e contém informações sobre canais de denúncia via telefone e internet. Durante a passeata, os participantes receberam o apoio da Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito (Cettrans) na orientação do tráfego na avenida.

Leonaldo Paranhos, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente e Idoso da Assembleia Legislativa do Paraná, acompanhou a passeata e destaca a importância de uma campanha como essa. “Essa campanha é muito importante. Nós temos visitado entidades, abrigos de crianças, creches, mas a maior barreira que nós encontramos, é exatamente o crime que acontece dentro de casa, e aí, é muito difícil de perceber. Então a gente tem orientado, justamente, que as pessoas quebrem o silêncio. Às vezes, até um vizinho ou parente da criança sabe, mas não quer falar. É preciso falar, é preciso denunciar para que essas crianças não sejam mais abusadas e violentadas”, afirma Paranhos.

Além da passeata e distribuição de materiais, a igreja adventista central de Cascavel também exibiu o filme O Silêncio de Lara que aborda a história de uma adolescente de 14 anos que sofre abuso sexual – em uma reunião noturna, no domingo.

Umuarama

Em Umuarama, o projeto Quebrando o Silêncio e a passeata contra o abuso e a violência foram divulgados em canais de rádio e TV da região. Os líderes da iniciativa na cidade deram entrevistas e fizeram chamadas para o evento do dia 22, onde distribuíram cerca de 4 mil revistas e folhetos na avenida Paraná. A passeata foi organizada pela Guarda Municipal que orientou o trânsito para que os 600 participantes desempenhassem a ação com segurança.

Mamborê

8C6A4486Na semana antecedente à passeata, a liderança do departamento que atende às mulheres adventistas de Mamborê e o pastor responsável pela região, visitaram autoridades da cidade para explicar o projeto e entregar o material informativo.

Além do envolvimento dos adventistas da cidade, a passeata contou com a participação dos alunos do Colégio Adventista de Campo Mourão, totalizando 300 participantes durante a distribuição de 1 mil panfletos e revistas. A ação contou com o apoio dos batedores da Polícia Militar do município e de um carro de som.

Ao todo, foram entregues mais de 40 mil revistas e folhetos em todo o território atendido pela sede da Igreja localizada na região oeste do Paraná. As ações devem continuar na próxima semana com visitas e distribuição de materiais do projeto em escolas públicas. [Equipe ASN, Juliana Muniz]

Confira a galeria de imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox