Notícias Adventistas

Passeata contra pornografia e feira de saúde alcançam milhares de pessoas em Cianorte-PR

Em menos quatro horas, mais de duas mil pessoas receberam folhetos informativos sobre o tema e foram atendidas com exames gratuitos.

26 de agosto de 2015

11927829_872424712811302_1604075143265095655_oCianorte, PR… [ASN] Centenas de pessoas nas ruas, com faixas, carros de som e barulho. Tudo para falar sobre o silêncio que precisa ser quebrado através das denúncias sobre violência doméstica. Domingo (23), as principais avenidas de Cianorte-PR foram tomadas por manifestantes que se posicionavam contra a pornografia – que pode, entre outras coisas, contribuir com a agressividade no relacionamento – tema da campanha Quebrando Silêncio deste ano.

A ação foi organizada pela igreja adventista do sétimo dia do município em parceria com comerciantes, empresários e distribuidoras da cidade, nacionalmente conhecida como a capital do vestuário pelas centenas de fábricas de roupas existentes.

A iniciativa é estratégica, já que alcança tanto moradores, quanto lojistas e empresários que vêm a negócio, ao município paranaense. A mobilização foi proporcional ao impacto da ação na cidade. Até às 11h, mais de 500 pessoas já haviam sido atendidas na chamada Expo-saúde, uma feira de saúde preventiva montada para atender gratuitamente a população. Além disto, foram entregues mais de 1,5 mil materiais informativos sobre o tema, como alerta em razão dos perigos reais da pornografia virtual.

Parcerias

Para apoiar a iniciativa, quarenta estudantes do curso de enfermagem do Instituto Adventista Paranaense (IAP) e representantes da faculdade foram até Cianorte apoiar a iniciativa. Segundo o coordenador do curso, Diego Alexandre, o engajamento em ações como essa deve fazer parte da conduta do futuro profissional de saúde. “Ele [o enfermeiro] deve ter essa identidade profissional, que privilegia aspectos sociais porque como enfermeiros temos essa responsabilidade social. A pornografia, a violência e o abuso são indicadores de saúde que a gente precisa intervir e alertar a comunidade. Infelizmente, ainda hoje, muitas pessoas são afetadas, portanto isso já se tornou um problema de saúde pública”, lamenta.

11921819_513513372134388_7511795447113792490_oRepresentantes e colaboradores da sede administrativa da Igreja Adventista para região norte do Paraná também estiveram na passeata, auxiliando em todas as etapas do projeto. De acordo com a líder do Ministério da Mulher, Sônia Fonseca, é papel dos cristãos lutar pelo bem da comunidade. “Devemos acreditar numa sociedade melhor. Por isso, o projeto Quebrando o Silêncio vai ás ruas, para mostrar que é possível, sim, dizer não a violência, não aos abusos e pornografia’’, adverte.

Satisfeito com o resultado da ação, o pastor Milton Dax Garcia Viana, distrital de igreja adventista do sétimo dia de Cianorte e coordenador da mobilização, aponta as parcerias como suporte fundamental para o sucesso da iniciativa. “A primeira coisa que devemos fazer é acreditar no projeto. Eu acredito no projeto Quebrando o Silêncio, e eu acredito que junto com a feira de saúde, ele fica ainda maior. E aí, todos começam a contribuir da maneira que podem e o resultado é este evento maravilhoso que tivemos’’, destaca. [Equipe ASN, Wendy Almeida]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox