Notícias Adventistas

Pai que largou o trabalho para cuidar de filho acamado recebe homenagem de jovens adventistas

Jovens do bairro Canadá, em Cascavel, foram até a casa do idoso para orar, entregar presentes e cartas personalizadas

Por Willian Vieira 8 de agosto de 2021

Ari recebe cesta com materiais preparados por membros da Igreja Adventista (Foto: Divulgação)

Quem disse que Dia dos Pais não pode ser, também, dia de missão? Jovens do bairro Canadá, em Cascavel, no interior do Paraná, fizeram questão de separar um tempinho para visitar e homenagear, na manhã deste domingo (08), um vizinho da Igreja Adventista.

O senhor Ari Pinheiro, que vive uma situação bastante complicada na família há anos, já enfrentou uma série de problemas. Um deles fez com que precisasse deixar suas funções de trabalho há 16 anos para cuidar do filho, Juliano, de forma integral. Na época, Juliano tinha 30 anos e começou a manifestar sintomas de um tipo de doença degenerativa ligada a atrofia e hoje se encontra acamado.

Leia também:

Conhecendo alguns detalhes da história, os jovens, que também são integrantes do projeto Hope Parking Cascavel, além de alguns pastores, foram à casa do idoso, oraram, conversaram e deixaram uma cesta de presentes, além de algumas cartas de motivação personalizadas.

“Temos contato com o seu Pinheiro semanalmente e realmente é admirável tudo o que ele faz pelo filho. A gente já visitou o Juliano, que está acamado, não fala, não pode se mexer, então é o pai que faz tudo por ele. Para nós, isso é uma demonstração do amor do Pai celeste, do cuidado que Deus tem por nós. É o cuidado que ele tem pelo filho com todos os cuidados pessoais. Foi muito especial entregar esse presente para ele aqui hoje”, detalha Débora Teixeira, participante da ação.

Preocupação genuína com o próximo

Para o pastor Aderson Lisboa, que deixou uma palavra de conforto e oração na ocasião, esse tipo de mobilização denota aspectos essenciais diante dos desafios missionários da igreja. “É interessante notar que os jovens hoje estão realmente dispostos a fazer a diferença na vida de alguém que precisa, especialmente desse pai que tem o filho acamado e a gente vê a força que a igreja e que os jovens têm para a pregação do evangelho e para o avanço da obra”, avalia.

O pastor Rodolfo Kalschne, diretor da área que atende jovens adventistas no oeste do Paraná, esteve na ação, traduzida como incentivo para que haja mais mobilizações aplicadas a cada contexto de comunidade. “Quando a gente foi lá com os jovens, queríamos abençoá-lo, tratá-lo com carinho, porque é isso que a gente tem desejado para a nossa juventude. Que ela entenda que temos uma responsabilidade com os vizinhos da igreja, com a nossa comunidade e, a gente, então, precisa ter ações como essa, onde colocamos o nosso cristianismo em prática e levamos o amor de Jesus de formas diferentes”, conclui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox