Notícias Adventistas

Musical de páscoa no RS apresenta história do amor incondicional de Deus pelo homem

Encenação intercalada por músicas buscou mostrar a origem do mal na Terra e seguiu - com passagens de tempo - até os últimos acontecimentos da história.

24 de março de 2016
Sem título7

Musical aconteceu ao ar livre e foi feito por estudantes que atuam no Coral dos Adolescentes do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul.

Igrejinha, RS… [ASN] No palco, divididos em blocos de histórias, estudantes cantaram e atuaram no real espírito da páscoa. Por meio de encenações, eles recriaram trechos da história humana – desde a criação do homem, vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo e, por fim, do retorno do Filho de Deus esperado pelos cristãos.

O programa aconteceu ao ar livre, em um centro de conveniência, à beira de uma estrada que leva turistas à cidade de Gramado. Os estudantes fazem parte do Coral dos Adolescentes do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (Iacs), um internato confessional que fica em Taquara.

O espetáculo, que utilizou músicas de vários cantores cristãos, foi preparado em cerca de três de semanas de intensos ensaios e já havia sido apresentado na cidade de Taquara no ano passado. Dezenas de pessoas, entre pais de estudantes e curiosos, acompanharam a encenação.

A possibilidade de realização do musical se deu por meio de um empresário adventista que administra o local. A partir dele, o coral também já realizou um musical de natal para mais de 1 mil pessoas. “Nós acreditamos que esse é um momento em que precisamos parar e refletir a respeito do real significado da páscoa e o nosso propósito é proporcionar que as pessoas tenham esse momento e oportunidade através de uma encenação que, de fato, conta a história bíblica desde o seu início”, explica o empresário Guto Grings.

Sem título

Encenação intercalada por músicas buscou mostrar a origem do mal na Terra e seguiu – com passagens de tempo – até os últimos acontecimentos da história.

Para Ana Maria Quevedo, regente do coral, a iniciativa ajuda a dar significado ainda mais profundo ao ministério do coral, que oferece uma mensagem relevante para todos os públicos. “Estamos fazendo esse musical de páscoa como uma maneira de dizer as pessoas ‘venham, venham, conhecer esse Jesus e sua mensagem’ e, para o coral, isto tudo é fundamental. Eles estão agora, nesta idade tão boa e propicia para aprender as coisas e tem participado destes projetos evangelísticos e a gente têm visto o resultado – quando termina o programa e as pessoas vem e pedem para estudar a Bíblia, pedem para orar com eles, isto é fantástico. Faz o ministério do coral dos adolescentes do Iacs fazer sentido”, conta.

Entre o público, Cristiane Weber, que atua no ramo de Relações Públicas, assistiu ao musical com o marido e os três filhos e ficou feliz com o que viu. “Para minha família, foi maravilhoso. Com os dias que temos passado, com a crise do país, com tudo o que tem acontecido, precisamos, sim, de mais esperança, de mais momentos como este: um evento muito lindo que reúne a família e traz alegria ao coração”, expressa.

Para Marlon Oliveira, administrador escolar em Indaial (SC), a cantata teve um gosto especial. Sua filha participa do ministério do coral e esteve cantando no evento. “Nós vemos por aí, mundo afora, as pessoas sem saber muito bem o que é páscoa quando chegamos neste período do ano. Daí, quando você vê a sua filha – no meu caso, a minha – participando de um coral de adolescentes, que eu fiz parte no meu passado e dessa família que é o Iacs, falando de esperança, salvação, isto deixa a gente sorridente, feliz da vida”, celebra.

Sem título11

Último ato recriou o texto bíblico sobre o retorno de Jesus ao mundo.

Para os coristas, a oportunidade de apresentar uma mensagem desta natureza com amigos do internato é única por conta de seu conteúdo. “O meu sentimento é de alegria e gratidão por Deus me dar essa chance de mostrar o Deus que nós cremos para essas pessoas que talvez nunca ouviram falar dele e o que eu peço é que elas possam conhecer mais e possam ter Ele como melhor amigo”, ressalta Beatriz Wolff, do terceiro ano do Ensino Médio.

Já para o estudante Guilherme Ocker, a história é antiga. Desde criança, os ensinos sobre amor incondicional de Jesus fazem parte de sua vida, vindos por meio dos pais. “Eu vivi crescendo e ouvindo meu pai, que é pastor, dizer que se fosse preciso, Deus viria morrer aqui na Terra para salvar uma única pessoa. Então, se Deus, que é o Deus do universo consegue vir e se humilhar a esse ponto, eu acho que eu não tenho o mínimo direito de ficar sentado em casa enquanto milhões de pessoas por aí se perdem e morrem. Eu me sinto impelido a fazer o trabalho de Deus para que mais pessoas aceitem a Cristo e possam estar junto com Ele”, finaliza. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Veja a galeria com algumas imagens do musical:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox