Notícias Adventistas

Mulheres protagonizam Evangelismo em São Paulo

Por Kimberly Ludugério 15 de junho de 2021

Mulheres e os símbolos, durante o evangelismo

O lenço nos ombros simbolizando a presença do Espírito Santo na vida da mulher. O arganel representando o compromisso da mulher com a missão. O lenço na cor marsala, mostrando o sangue de Cristo na Cruz pelo ser humano. A Bíblia, Palavra que conduz.

Quando vemos uma mulher usando esse lenço e com esses símbolos à sua volta, estamos na verdade presenciando um momento muito marcante. Um momento em que a mulher é protagonista do púlpito. E não só do púlpito, de todo o aconchego de entrar em uma igreja e ser acolhido. Vemos mulheres que participam de um ministério que tem como foco principal levar mais pessoas a conhecer Jesus.

E foi isso o que aconteceu de 05 a 12 de junho em todo o estado de São Paulo. As líderes do Ministério da Mulher de cada igreja Adventista se uniram para um Evangelismo que tinha como objetivo inicial receber cada indivíduo com um abraço, mas que precisou se reinventar no presencial para alcançar o máximo de pessoas possíveis.

Para Telma Brenha, líder do Ministério da Mulher em todo o estado de São Paulo, um programa que deveria ser no presencial, teve suas vantagens no online. “Nada substitui encontrar uma pessoa pessoalmente e falar de perto, mas um link pode chegar em muitos mais lugares”, afirma.

“Em todo o estado, 1700 mulheres foram investidas, simbolizando o compromisso de levar mais pessoas a Jesus, e cerca de 400 pessoas foram batizadas, mostrando a força das mulheres adventistas em São Paulo. Hoje, elas já representam 57 %”, declara a Líder, Telma Brenha.

Ivete – Líder de Ministério da Mulher que viajou 1.200 km para realizar o evangelismo

 APO

Na região oeste paulista, mesmo com a intensificação das restrições da Pandemia, as mulheres lideraram o estudo da Bíblia em128 pontos. Ivete, viajou 1.200km na semana até uma cidade vizinha para apoiar o evangelismo lá. Já Liliana contraiu COVID poucos dias antes da semana e teve que organizar o evangelismo através do celular, já que estava em isolamento.

APV
A Paulista do Vale contou com um importante reforço na equipe de apoio, as esposas de pastores. Elas organizaram ações de visitação, grupos de oração, recepção e pregação. Em Suzano, por exemplo, no distrito central de Gardênia Azul, Erika Morena, esposa do pastor distrital, conduziu as atividades durante a Semana de Evangelismo na igreja pregando todas as noites e também teve gente decidindo pelo batismo.

APAC
O Olhar de esperança na Paulista Central, tanto no on-line quanto no presencial, foi marcado por louvores, investiduras, estudo da palavra e muitos batismos. Um deles foi o da Lourdes em Artur Nogueira, que mesmo lutando contra um câncer não deixou de acompanhar a programação. Outro batismo interessante, também em Artur Nogueira, foi o do senhor João, que tinha o desejo de se entregar a Cristo em uma cachoeira.

Dona Maria, mostrando que evangelismo não tem idade

APSO Na paulista sudoeste, idade não foi problema. A dona Maria, de 80 anos, tirou uma noite do evangelismo para pregar emostrar que Deus usa pessoas em qualquer idade. Já na cidade de Itaí, uma jovem, a Ana Alice, que estudava a Bíblia há dois anos com a esposa do pastor do distrito, aproveitou a semana das mulheres e se batizou.

APSE
Ministério da Mulher da Associação Paulista Sudeste promoveu o encontro on-line “Mulheres que nos inspiram”. A programação foi transmitida das 05h30 às 06h30 da manhã nas redes sociais do campo e teve momentos de oração, pregação e testemunhos.

AP
Na Associação Paulistana, Maria Isabel foi batizada na igreja adventista de Jaguaré. Ela se converteu assistindo a TV Novo Tempo. O evangelismo feminino foi uma oportunidade para ela descer às águas.

Pessoas se entregando através do batismo na região da APS

APS
Na região Sul A programação que aconteceu de forma presencial, foi transmitida tambémon-line nos canais das igrejas e grupos da região. Alguns destaques aconteceram nos bairros de Jardim Santo Eduardo, Jardim Celeste e Jardim Vista Alegre com a cerimônia de investidura de dezenas de mulheres que trabalham diretamente em diversas frentes de evangelismo.

 

APL

Na Paulista Leste, as mulheres protagonizaram a Semana Feminina de Evangelismo em mais de 250 pontos de pregação. A Cláudia tomou a decisão pelo batismo e assumiu um novo compromisso: de ser uma mensageira de Cristo e foi investida como uma mulher em missão.

Telma Brenha – Líder do Ministério da Mulher na União Central Brasileira

UCB
Claro, as líderes da União Central também vestiram a camisa, ou melhor o lenço e participaram. A líder do Ministério da Mulher, Telma Brenha, realizou a semana na Igreja do Unasp em Engenheiro Coelho, além de mais nove distritos na cidade de Sorocaba.

A professora Sara Lima, responsável pela AFAM, pregou na igreja Central de Artur Nogueira. Já a responsável pelo ministério da Criança, a professora Vânia Moreira, além de falar para o público infantil, ainda esteve presente na igreja do parque Ester, em Cosmópolis.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox