Notícias Adventistas

Mulheres adventistas homenageiam pacientes de oncologia

Elas resolveram fazer diferente e ao invés de homenagear as irmãs, foram ao encontro de mulheres que de fato precisam de carinho e atenção

9 de março de 2017

As pacientes receberam kits de higiene, livro missionário e muito carinho.

Imperatriz, MA… [ASN] “Quando alguém vem aqui eles ficam muito contentes! No dia seguinte eles vão mais dispostos para o tratamento”, disse entusiasmada a voluntária Elisandra da Conceição, que trabalha há quatro anos na AMPARE, uma casa abrigo para pacientes em tratamento oncológico localizada em Imperatriz, MA.
A voluntária se refere ao momento de oração e confraternização, promovido pelas mulheres da Igreja Adventista do distrito de Santa Rita, que se juntaram na tarde do dia 08 de Março, Dia Internacional da Mulher, para prestar homenagem às pacientes do instituto, que estão passando por esse momento delicado, com o agravante de estar longe da família.

A cidade de Imperatriz conta com um dos mais modernos hospitais oncológicos da região Tocantina, o que levou pessoas do município a abrir casas que abriguem pacientes em tratamento vindos de várias cidades do Maranhão e também dos estados vizinhos como Tocantins e Pará. Dos três institutos existentes, a AMPARE, que está hoje com 24 pacientes, é o pioneiro e funciona por meio de doações há 13 anos.

Assim como Neuraci Borges Pereira, de 64 anos, todas as pacientes da casa-abrigo foram homenageadas pela passagem do Dia da Mulher: “Gostei muito e eu também acredito que isso ajuda a curar essa doença que não é minha, falo isso todos os dias para Jesus”, confidenciou.

A iniciativa objetivou homenagear as pacientes e e ajudá-las na cura através da oração.

A iniciativa partiu de Antônia Costa, uma das líderes do Ministério da Mulher da Igreja Adventista nessa região, que contou com o apoio de Sueli Gama e de Lene Sales, esposa do pastor distrital: “Resolvemos fazer algo diferente dos anos anteriores. Viemos conhecer, nos confraternizar com elas, parabenizar pelo dia… foi gratificante, fico arrepiada” disse Antônia, coordenadora da ação.

Leia também:

Membros do clube de Aventureiros Emanuel também participaram das homenagens. Além das mulheres, os homens também foram presenteados com o livro missionário de 2017 “Em Busca de Esperança” e kites de higiene.

Outras Ações

Em Pedreiras, que fica a 279 Km da capital São Luís, aconteceu uma audiência pública na qual várias entidades de apoio à mulher se manisfestaram em prol de seus direitos. Na oportunidade o projeto Quebrando o Silêncio ganhou destaque e foi apresentado por Magda Kauffman, esposa do pastor local, que recebeu os aplausos e o reconhecimento de que a Igreja Adventista tem contribuído para a denunciar e diminuir a violência contra a mulher em toda a América do Sul. [Equipe ASN, Simone Joe]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox