Notícias Adventistas

Mais de 2 mil jovens adventistas fazem passeata e impactam Campo Grande com mensagem de esperança

No Dia Mundial do Jovem Adventista, 2.500 pessoas foram às ruas de Campo Grande falar da esperança de ver Jesus voltar.

23 de março de 2015

Campo Grande, MS…[ASN] Pense na seguinte cena: 2.500 jovens adventistas subindo a principal avenida de uma capital com quase 1 milhão de habitantes em uníssono gritando que querem ver Jesus voltar? Pensou? Pois essa cena repercutiu em vários veículos seculares de comunicação após a celebração do Dia Mundial do Jovem Adventista promovida pela igreja no Mato Grosso do Sul.

2.500 jovens sul-mato-grossenses se unem em passeata durante o Dia Mundial do Jovem Adventista e caminham pela principal avenida de Campo Grande.

2.500 jovens sul-mato-grossenses se unem em passeata durante o Dia Mundial do Jovem Adventista e caminham pela principal avenida de Campo Grande.

Na tarde de Sábado (21) os jovens se reuniram na Praça do Rádio Clube – local de grande movimento – e de lá rumaram até o Parque das Nações Indígenas – principal parque do Estado – onde finalizaram a programação com um culto de pôr-do-sol ao som do cantor Jeferson Pillar.

“Ficamos surpresos porque foi uma quantidade de pessoas que superou nossas expectativas, inclusive, as camisetas que mandamos fazer para o dia se esgotaram. Mas ainda bem que faltou camiseta, pois significa que um número muito maior do que o previsto compareceu e era exatamente o que desejávamos”, comenta Julia Gracieli, coordenadora de jovens para o Estado.

Durante a passeata era possível avistar famílias acenando do alto dos prédios residenciais que envolvem toda a avenida mais famosa de Campo Grande, além disso, cidadãos não adventistas simpatizavam com o ato e ainda, alguns curiosos questionavam o motivo de tantas pessoas de uma mesma denominação estarem unidas em prol do evento. E a resposta era objetiva. “Nosso principal foco é mostrar à população que como jovens, podemos sim viver segundo ideais e princípios e muito felizes”, enaltece o líder de jovens para o Mato Grosso do Sul, pastor Samuel Bruno.

Musical com o cantor Jeferson Pillar encerra o Sábado durante pôr-do-sol no Parque das Nações.

Musical com o cantor Jeferson Pillar encerra o Sábado durante pôr-do-sol no Parque das Nações.

No final da passeata os jovens se encontraram na concha acústica Helena Meirelles, dentro do Parque das Nações. Lá, foi a vez do cantor Jeferson Pillar finalizar o dia com mensagem musical sobre o propósito de vida da juventude cristã. Além do cantor, o líder de jovens para todo o Centro-Oeste do Brasil, pastor Max Shuabb, ressaltou a importância da união dos jovens ao cumprir a missão que teve no início no Estado há exatos 100 anos. “Quando a primeira adventista no Mato Grosso do Sul decidiu espalhar a mensagem que havia mudado sua vida, mal sabia ela, que mudaria também a vida de centenas de pessoas e muitas delas estão aqui hoje. Esse é um fato histórico que devemos lembrar sempre para saber quem somos, onde vivemos e qual a nossa missão”, refletiu o líder, fazendo menção à história que deu origem à igreja adventista no Mato Grosso do Sul que completa 100 anos de missão em 2015.

Centenário

Outro fator em destaque na celebração foi o centenário da igreja Estado. “Esse Dia do Jovem Adventista é especial para o povo do Mato Grosso do Sul, pois tem algo a mais. Esse é o Dia Mundial do Jovem Adventista Centenário para a juventude sul-mato-grossense”, brinca com o trocadilho o líder Samuel, ao lembrar que este ano é, de fato, histórico para o Estado, tanto para a juventude, quanto para a igreja como um todo.

Pastor Max Shuabb, líder de jovens para a região Centro-Oeste, fala sobre a missão do jovem adventista.

Pastor Max Shuabb, líder de jovens para a região Centro-Oeste, fala sobre a missão do jovem adventista.

E a passeata e celebração foram programações que deram o “start” para as comemorações desses 100 anos de missão, já que o “ápice” de toda a celebração acontece no mês de maio em Campo Grande.

Interior

A união da juventude não estaria completa sem o reforço dos jovens do interior do Estado. Três caravanas trouxeram 160 membros de quatro cidades, entre elas: Aquidauana, Anastácio, Corumbá e Rio Verde, que juntas somaram forças e fizeram a diferença na celebração especial.

Uníssono

Um pôr-do-sol extasiante pintou o céu da “cidade morena”, – apelido dado à capital do Mato Grosso do Sul – como de costume e desenhou um verdadeiro espetáculo da natureza acima dos olhos de cada jovem ali presente. Uma despedida própria de quem busca ficar mais perto do Criador e de Sua exuberante natureza. Enquanto o sol se assentava com maestria no horizonte, ao fundo, o cantor Jeferson Pillar puxou o coro de um dos louvores que mais falam ao coração cristão. “Glória, glória, aleluia. Glória, glória, aleluia”, era o que as 2.500 pessoas cantavam quase que “à capela”, enquanto o sol descia e dava lugar à noite de Sábado. Um dia para ficar por muito tempo na mente e no coração dos que ali puderam estar.

Culto de pôr-do-sol com o cantor Jeferson Pillar encerra a celebração da juventude adventista no Mato Grosso do Sul.

Culto de pôr-do-sol com o cantor Jeferson Pillar encerra a celebração da juventude adventista no Mato Grosso do Sul.

“Foi um ensaio do que será o céu, Ver todas aquelas pessoas cantando num coro enorme, foi definitivamente a sensação de estarmos reunidos no céu, louvando juntos ao nosso Deus”, conclui Julia. [Equipe ASN, Rebeca Silvestrin]

Para mais fotos acesse a página do Ministério Jovem ASM

Fotos: Deivison Pedrê

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox