Notícias Adventistas

Jovens entregam lanche e água para profissionais de saúde em João Pessoa

A ação aconteceu no último final de semana (19-21) e além de homenagerar os profissionais, celebrou o dia Mundial do Jovem Adventista. Na ocasião foram entregues 135 kits em vários pontos de vacinação e UPAS da capital paraibana.

Por Andréa Figueiró 23 de março de 2021

Colaboração: Daniela Espínola

Há pouco mais de um ano, a guerra  COVID-19 versus vida, tem sido desleal. E qual guerra  não é? Milhares de pessoas têm perdido a luta, e outras milhares, continuam a batalha. Mas em ambos os casos, elas não estão sozinhas. Existem mulheres e homens mascarados, de uniforme, jalecos, luvas, que têm feito o impossível para que essa pandemia passe e tudo volte ao normal. Dentre eles, os profissionais de saúde.  Verdadeiros heróis, que têm se dedicado de forma incansável para amenizar o sofrimento no atendimento à população,  e trazerem esperança na frente de vacinação, que se espalha pelo mundo.

Por isso, e como forma de apoiar, reconhecer e agradecer ao trabalho incansável desse grupo, na capital paraibana, voluntários adventistas entregaram 135 kits com lanche, água e uma cartinha para profissionais que estão trabalhando nos principais pontos de vacinação e UPAS de João Pessoa, Paraíba.

“É um prazer muito grande, é uma gratidão que a gente tem a Deus de estar nesse momento e nessa profissão, trazendo a dose da esperança”, afirma a enfermeira Nara Mangueira, que reveza o trabalho em uma UPA com a vacinação. Para ela ver a emoção dos idosos é muito gratificante por levar esperança nesse momento de tanta incerteza.

A diretora da vigilância em saúde do município de João Pessoa, Aline Grisi, lembra que mesmo nesse momento difícil, ao vacinar as pessoas ela pode enxergar a esperança no olhar das pessoas e isso torna o trabalho gratificante.

“A gente sente o amor das pessoas e eu acho que esse é o momento em que mais a gente tem que ter essa solidariedade. As pessoas e igrejas estão ajudando, por isso a gente fica muito feliz e a prefeitura agradece. Nós sentimos o amor do próximo, aquilo que Deus nos ensina”, destacou Grisi.

Segundo Mara Trajano, uma das organizadoras da ação, a ideia surgiu quando sua irmã (a enfermeira Nara Mang) relatou que as pessoas de sua equipe de vacinação estavam esgotadas e muito cansadas. Uma das colegas estava com os pais internados e precisava de apoio. Mara junto com duas amigas da igreja encontraram com essa enfermeira e oraram com ela, mas perceberam que deveriam fazer um pouco mais.

Como os pontos de vacinação estão em locais abertos, o calor tem feito muitos profissionais ficarem ainda mais esgotados. Por isso o grupo de fiéis resolveu comprar água e lanche. Ao receberem os kits, as pessoas que estava trabalhando perguntaram se era para eles mesmos. “Eles ficaram sem acreditar. Em outro local, o pessoal aplaudiu a gente, quando chegamos para entregar esses lanchinhos e a água”, contou Trajano.

Como muitos enfermeiros e outros profissionais de saúde estão trabalhando todos os dias, em hospitais, UPAS e pontos de vacinação, sem folga, a ação os tocou muito. “Essa lembrança do lanche e o carinho que a gente recebe é um reconhecimento muito grande que nos fortalece e dá força pra gente prosseguir depois de um dia tão cansativo”, ressaltou Nara Mangueira.

Quem participou das ações frisa que essa foi a maneira de tentar agradecer aos profissionais que estão se dedicando tanto nesse momento. “A sensação que a gente tem é que não podemos ficar de braços cruzados e essa foi a forma de mostrar que estamos pensando neles”, afirma Jéssica Marinho. “Era apenas um lanchinho e água, mas o agradecimento deles foi tão grande só por sentir o carinho de serem lembrados. Então o sentimento da gente é de missão cumprida e de fazer mais”, completa Evelyn Thais.

Esse pensamento é compartilhado pelo pastor Tarcísio Pereira que acredita quando a igreja dedica um pouco de tempo para apoiar e incentivar os profissionais de saúde ela está cumprindo a ordem de Cristo. “A igreja precisa ser uma voz de esperança, animando esse grupo e levando um pouco de carinho e atenção porque eles realmente merecem”, destaca Pereira.

A ideia dos organizadores é continuar levando água e lanche para esses profissionais nos pontos de vacinação, UPAS e até em hospitais.

A iniciativa  de altruismo foi destaque em emissora local.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox