Notícias Adventistas

Igreja Adventista do Sétimo Dia em Votuporanga realiza culto em homenagem às mulheres

A Igreja Adventista do bairro Pozzobon aproveitou a data para homenagear as mulheres e lembrar as figuras femininas da Bíblia

9 de março de 2015
Membros participam de "corrida bíblica" uma dinâmica para ver quem encontra passagens Bíblias com rapidez - fotos de colaboradora local

Membros participam de “corrida bíblica” uma dinâmica para ver quem encontra passagens Bíblias com rapidez – fotos de colaboradora local

Votuporanga, SP… [ASN] A Igreja Adventista do Sétimo Dia, do bairro Pozzobon, em Votuporanga no interior de São Paulo, realizou neste sábado, 7 de março, um culto jovem em homenagem às mulheres. Com o tema “De Mulher para Mulher”, a proposta foi mostrar para os membros como as mulheres da Bíblia se comportaram e viveram em cada época. Foram encenadas as histórias de Joquebede, Noemi e Rute, Isabel, Maria (mãe de Jesus), Débora, Sara e Ester.

Alessandra Macario Santos interpretou a rainha Ester. Ela disse que esta é sua mulher preferida nas Escrituras Sagradas. “Ela foi uma mulher de oração e manteve seus princípios cristãos quando foi para o harém do rei. Com sabedoria, ela conseguiu lugar de destaque e pode ajudar seu povo”, falou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para a diretora jovem da Igreja Adventista do bairro Pozzobon, Adriana Alves dos Santos, cultos que envolvem encenações, equipe e demais irmãs no contexto do tema, são os que mais atraem os membros. “As mulheres da Bíblia têm muito o que ensinar para nós. Por ser uma data especial, a nossa proposta foi esta: mostrar o que elas fizeram, os desafios que precisaram enfrentar e como saíram vitoriosas. Que todas nós possamos imitá-las”, destacou. Adriana disse que suas personagens preferidas são Maria, mãe de Jesus, e Rebeca. “Gosto do romantismo da história dela”, frisou.

Na brincadeira da tarde, corrida Bíblica em duplas de mulheres deixou o programa mais divertido. Para encerrar o culto, o pastor Renato de Paula fez uma brincadeira com os membros. De um lado, as mulheres. De outro, os homens. Ele citava brevemente a história de uma mulher da Bíblia e pedia que os grupos adivinhassem quem era. As mulheres, é claro, ganharam a disputa com grande diferença de pontos.

Em sua mensagem, o pastor disse que em toda a história da humanidade Deus teve atenção especial para com as mulheres. “As que foram ótimas mães e esposas tiveram o nome citado no Sagrado Livro. Agora, homens que se comportaram muito mal e desagradaram a Deus, os nomes de suas mães nem aparecem. A mulher precisa entender que tem uma grande responsabilidade com sua família, pois da sua casa pode sair pessoas do bem ou do mal”, falou.

No culto do domingo, Dia Internacional da Mulher, uma voluntária da igreja elaborou marca-páginas para serem distribuídas. Com os desenhos de coroa, castelos e carruagens, a proposta foi mostrar que as mulheres são princesas de Deus e devem se sentir assim, até a volta de Jesus Cristo. [Equipe ASN, Karolline Bianconi, colaboradora local]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox