Notícias Adventistas

Garçons da esperança “servem” livros na Grande Vitória

No centro-norte capixaba, outras ações também foram realizadas para beneficiar a população durante o Impacto Esperança

Por Leonardo Saimon 31 de outubro de 2020

Igrejas capixabas usam criatividade para entregar livros (Foto: Ana Paula Oliveira)

Desbravadores na Grande Vitória, no Espírito Santo, se caracterizaram de garçons para “servirem” esperança por meio de livros missionários distribuídos na manhã deste sábado, 31. A iniciativa previa uma maneira segura e criativa de realizar o Impacto Esperança na região de Serra Dourada III. Com trajes a caráter, luvas e bandejas em mãos, eles abordavam os moradores em um bairro próximo da igreja, oferecendo o exemplar do livro A Maior Esperança.

“A pergunta que faziam era “Já ganhou um presente hoje?” A pessoa dizia que não e então eles ofereciam o livro. E, às vezes, até pegavam livros a mais para levar para outra pessoa”, conta Ana Paula Oliveira, a idealizadora da ação. Ela fez a proposta ao longo da semana para os meninos e meninas, que logo compraram a ideia.

Leia também:

 

Desbravadores se transformam em ‘garçons da esperança’ para servirem livros (Foto: Ana Paula de Oliveira)

A ação ocorreu mesmo debaixo de chuva e a comunidade correspondeu positivamente à entrega.

Impacto apesar da chuva

A condição climática deste sábado desafiou os adventistas em várias partes do Espírito Santo, mas as igrejas capixabas persistiram na ação e adaptaram a entrega à sua realidade. O templo adventista em Carapina, por exemplo, realizou uma feira de saúde com apoio de Calebes em uma região carente da Serra. No local, eles ofertaram acompanhamento de saúde, psicológico e nutricional, corte de cabelo e design de sobrancelhas.

“Já estava tudo programado. O convite tinha sido espalhado e entregamos nas mãos de Deus. Mesmo com a chuva, as pessoas compareceram e foi bênção”, explica Matheus Fávero, um dos organizadores.

Igreja local usou feira de saúde como estratégia para se aproximar da comunidade (Foto: Júlia Thomasi)

Mas foi em Bento Ferreira, bairro da capital capixaba, que um adventista decidiu fazer um Impacto Esperança mais reservado. Sozinho, o cinegrafista Paulo Donna entregou cerca de 120 livros na porta de cada apartamento, de ambos prédios, localizado no condomínio onde mora.

Ele detalha que a escolheu fazer isso porque não conseguiria participar da ação junto à igreja, uma vez que estaria gravando a entrega em alguns lugares. “Me veio a ideia de entregar para os meus vizinhos. Eu moro em um condomínio, mas são poucos os que tenho contato. Então preparei um cartãozinho, grampeei nos livros e pus de porta em porta, nas duas torres do meu condomínio”, pontua.

Esperança no Norte 

As igrejas no Norte do Espírito Santo colocaram a solidariedade em ação durante o Impacto Esperança. Em Pedro Canário, 60 voluntários realizaram a entrega de 5.600 livros e de 2 mil na versão para crianças. Um grande movimento foi organizado em três frentes. A primeira na tradicional entrega de casa em casa. Já a segunda se concentrou em uma feira local e na entrega em semáforos na BR 101, que corta a cidade.

Por fim, em parceira com a Ação Solidária Adventista (ASA), os adventistas também entregaram dezenas de exemplares em duas redes de supermercados do município. Eles também convidavam os compradores a doar um quilo de alimento.

Em Pedro Canário, Impacto Esperança ocorreu dentro de alguns supermercados (Foto: Esthephanny Amorim)

“Nós já há algum tempo temos nos preocupado com pessoas que são carentes e que nessa pandemia estão sem ter condições de comprar alimento. Então unimos o útil ao agradável: cumprimos a missão enquanto arrecadamos alimentos para o Mutirão de Natal“, sublinha o pastor responsável pela região, Leonardo Bernardes.

Ele compartilha que os moradores diziam aguardar com expectativas a tradicional entrega de livros. Nas redes sociais, internautas também pediram exemplares da literatura e a igreja realizou a entrega para este grupo.

Em São Mateus, a distribuição que começou em abril teve seu desfecho neste sábado. Para isso, jovens visitar um lar de idosos. Do lado de fora, eles cantaram e entregaram mantimentos à instituição e livros missionários.

Impacto Esperança em São Mateus foi coroado com entrega de mantimentos em lar de idosos (Foto: Arquivo pessoal)

“Nós já ultrapassamos, entre livros e revistas, 9 mil exemplares. Tudo envolvido do projeto ‘Máscaras de Esperança’, que nós começamos há um tempo, trocando máscara por alimento”, lembra o pastor Moabi Novaes.

O projeto que ocorreu em abril também incluía a entrega dos livros aos moradores da cidade no ato da troca. A fanfarra do Clube de Desbravadores Astro Rei ainda tocou pelos bairros da cidade, anunciando o movimento de esperança que se movia por São Mateus.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox