Notícias Adventistas

Estratégias inovadoras marcam a distribuição do livro missionário

Em agosto acontece um novo dia de distribuição no Rio, aproveitando as Olimpíadas

16 de maio de 2016

Petrópolis, RJ …[ASN] Quando amanheceu o dia 14 de maio, o último sábado, a maioria dos adventistas residentes no Espírito Santo, Minas Gerais e parte do Rio de Janeiro tinha um desafio: Distribuir livros missionários, em um projeto que não é apenas um programa de incentivo à leitura, mas a consciência de que através dos livros estas pessoas podem encontrar a Jesus.

Este é o décimo primeiro ano que a campanha é realizada, e além da distribuição nos arredores dos templos, os membros promovem iniciativas diferentes, que despertam atenção da comunidade e também da imprensa. Neste ano não foi diferente, e a ação novamente teve um dia de impacto.

MINAS GERAIS

IMG_1420Norte  – A igreja se envolveu na distribuição de mais de cem mil livros missionários, começando já no dia 11 de maio, quando a cidade de Montes Claros foi palco de um grande evento, recebendo a tocha olímpica. No sábado, a realização de feiras de saúde recebeu ampla cobertura da mídia. (Jornal Gazeta Norte Mineira, Jornal O Norte de Minas, além de entrevistas em rádios e TVs)

Centro e Oeste  – A região foi responsável pela distribuição de 400 mil livros. Para marcar  o impacto, quando a Grande Belo Horizonte recebeu a tocha olímpica, os membros foram as ruas para entregar livros.

Sul – No sul de Minas foram 300 mil livros, não apenas nas cidades, mas também em regiões rurais. No domingo, quando as cidades de Juiz de Fora, São João Del Rei e Muriaé receberam a tocha olímpica, novamente os adventistas foram às ruas.

Leste – Na cidade de Ipatinga, enquanto a cidade dormia, um grupo de adventistas saiu as ruas espalhando livros embrulhados como presentes, para surpreender os moradores no sábado pela manhã. Em Governador Valadares os desbravadores desfilaram pelas ruas, e também foi promovida uma feira de saúde. Veja aqui como foi.

ESPÍRITO SANTO

As cerca de 50 feiras de saúde realizadas no estado despertaram a atenção da imprensa  já durante a semana, IMG_1408voltando a repercutir no sábado (TV Gazeta e TV Tribuna) . Duas iniciativas envolvendo estudantes, em Serra e em Vitória, impactou pessoas que estão internadas em hospitais (Veja aqui o resumo). No sábado, no encerramento do Bazar Exagerado, uma grande feira de roupas e sapatos realizado na Grande Vitória, teve um flashmob promovido por um coral, inaugurando também uma loja diferente, que trocou a vitrine de roupas pela exposição e distribuição de livros.

RIO DE JANEIRO

Embora a principal ação esteja marcada para as Olimpíadas, que acontecerá em agosto, um grupo de estudantes saíram as ruas da Tijuca, promovendo a distribuição.

Reportagem exibida na TV Novo Tempo em 14 de maio de 2016

VT do dia, na sequência.

 

Pastor Maurício Lima, presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia nos três estados, comenta sobre a atuação dos membros desta região:

“O Impacto Esperança em 2016 nos surpreendeu positivamente. Por ser um projeto realizado desde 2006 era natural esperarmos que ele estivesse se arrefecendo, mas na realidade não foi isso que aconteceu.

Vimos a igreja mais animada que nunca, usando as formas convencionais de distribuição e usando também outras formas novas e muito criativas. Passamos de 2.600.000 livros no território da USeB esse ano.

E o Rio de Janeiro esse ano terá dois Impactos: Fará o maior movimento no dia 20 de agosto, por ocasião das Olimpíadas, quando distribuirá centenas de milhares de livros em português, inglês e espanhol.

O sentimento de sair às ruas no dia do Impacto Esperança é muito gratificante. Ver pessoas que, ao serem abordadas, nos mostram o livro que já receberam em outro lugar, ouvir declarações como: “Eu assisto a Novo Tempo e gosto muito”, ou “eu conheço a Escola Adventista”, etc., nos enche de alegria e ânimo para continuar realizando este trabalho.

Além dos livros, tivemos também o impacto das feiras de saúde. Tivemos esse ano um número bem maior de reportagens nas principais TVs e outros veículos de comunicação de nossa região, divulgando nosso trabalho, parabenizando e convidando o povo para visitar as feiras.

O movimento em 2016, foi para mim mais um argumento de que projetos como a distribuição do livro missionário, dia do Impacto Esperança, Feiras de Saúde, são estratégias atuais, produtivas e muito próprias para o período em que estamos vivendo.

 

[Equipe ASN, Francis Matos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox