Notícias Adventistas

Escola Adventista de Lagarto realiza entrega de cestas básicas em Escola Municipal

Por Luci Pinto 10 de dezembro de 2018

Alunos da Escola Adventista de Lagarto realizaram nesta última quinta-feira (6), na Escola Municipal Eliezer Porto, a entrega de cento e vinte cestas básicas. As cestas foram montadas e doadas aos alunos mais carentes da escola, selecionados e indicados pela diretoria e pelos próprios colegas de classe. A arrecadação somou mais de 2 toneladas de alimento e é fruto de uma gincana recreativa interna promovida pela Escola Adventista, uma semana antes da entrega das cestas. A iniciativa marca também a campanha nacional de arrecadação de alimentos do Mutirão de Natal na região de Lagarto, em Sergipe.

A campanha de Mutirão de Natal foi realizada na escola municipal depois da tomada de conhecimento de tantas dificuldades enfrentadas pelas famílias dos alunos da escola. Mediante a verificação e constatação de tantos óbices à efetivação da frequência escolar e aprendizagem dos alunos, foi que a diretora da Escola Adventista de Lagarto, decidiu fazer a arrecadação e doação das cestas. “O propósito da realização de iniciativas como esta, é buscar promover a formação de caráter e não só a formação de cidadãos de bem, mas buscar o despertar um coração solidário e estimular o amor e o cuidado pelo próximo. ” Declarou Carla Fernanda, diretora da escola.
A Secretária Municipal de Educação, Vanda Monteiro descreveu a realidade chocante de centenas de crianças que frequentam a escola: “Muitos que chegam até a escola, chegam sem sequer ter tomado o café da manhã, e, em casos de alunos com turno estudantil vespertino, nem o almoço foi servido em casa. Quando chegam na escola, o diretor precisa correr e providenciar alimento para estas crianças. ” Confessou a secretária.
A escola Municipal Eliezer Porto atende 360 crianças e deste número, 120 foram selecionadas para receber as cestas básicas. Os critérios para a seleção de recebimento foram adotados pela diretoria da escola-anfitriã que citou entre os critérios de seleção, a frequência de pedidos de alimentos das crianças junto às merendeiras da escola.
“Eu recebi “os alimento” pra fazer em casa. Meu pai que cozinha, não moro com a minha mãe. Moro com minha irmã, meu irmão e meu cunhado. ” Contou Letícia, aluna do 6º ano fundamental.
“É um ato de amor para com o próximo, é a prática da solidariedade. É caridade, e caridade é o amor, em gesto concreto. ” Afirmou Marcela Barbosa, professora da escola. E continuou: “…É a forma de mostrarmos o que temos dentro nós. Ficamos bem por sabermos que estamos ajudando alguém, e que estamos fazendo o bem, e que quem recebe também fica feliz por receber, por ser lembrado. ” Finalizou a professora.
Mais iniciativas como esta estão sendo realizadas em todo o estado do Sergipe. A arrecadação e distribuição de alimentos continuará ao longo de todo o mês de dezembro, onde milhares de famílias serão atendidas e suas necessidades básicas em parte, serão sazonalmente satisfeitas. A intenção é que através de iniciativas como esta, crianças, jovens e famílias inteiras sejam beneficiadas e alcançadas com a abordagem de cristo, a de importar-se.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox