Notícias Adventistas

Encerramento dos 10 dias de oração envolve diferentes ministérios da igreja no sul do Paraná

Todas as congregações participaram ativamente das dez horas de jejum

1 de março de 2016
20160229043424

O Bikrents procura unir o esporte com a religião. Os ciclistas participaram ativamente do encerramento dos dez dias de oração

São José dos Pinhais, PR…[ASN] O clima instável do último sábado, 27 de fevereiro, não impediu que Wagner Matos preparasse sua bicicleta e saísse para pedalar. Na verdade, o percurso feito entre o Parque Náutico e o Parque São José dos Pinhais, junto a um grupo, tinha um propósito maior: distribuir materiais de saúde às pessoas que passavam pelo local.

Leia mais:

Homem tem vida transformada por oração de esposa

Participantes do movimento de oração fazem jejum de elementos do dia a dia

Este grupo de ciclistas surgiu da vontade de Wagner em realizar outra atividade física além do futebol. Conversando com alguns amigos com o mesmo interesse, surgiu o Bikrents, em setembro de 2015, que reúne pessoas adventistas e não-adventistas. Normalmente, as pedaladas são combinadas em locais de zona rural, entretanto, no sábado, o objetivo era participar do encerramento dos dez dias de oração, com dez horas de jejum, realizando alguma ação de benefício à comunidade.

A Igreja Adventista Central de São José dos Pinhais, onde Wagner frequenta, organizou diversas ações durante o dia, envolvendo grande parte dos ministérios da igreja. Apesar das dez horas de jejum ser um projeto liderado pelo Ministério da Mulher, todos os fiéis participaram em diferentes frentes de trabalho.

Os desbravadores e a Educação Adventista também se uniu à iniciativa. Sua abordagem foi no semáforo.

Os desbravadores e a Educação Adventista também se uniu à iniciativa. Sua abordagem foi no semáforo.

“Cada departamento contribuiu com seu tempo, dom e talento! Uma andorinha só não faz verão. Vivi isso na prática! Se os demais ministérios não houvessem se envolvido e apoiado, não haveria acontecido nada do que foi planejado!”, reconhece Luciana Diaz, organizadora das iniciativas.

Tenda de oração, visita ao asilo, entrega de livros, visita ao hospital, caminhada de oração, buzinaço de oração no semáforo, ceia de frutas, peça de teatro, visitas aos interessados e também afastados da igreja, movimentaram os participantes na ocasião.

A ideia de unir a todos na execução, deu certo. Para Wagner, ajudar nesta iniciativa por meio do ciclismo, foi uma motivação a mais. “Foi muito bom! Dá mais prazer em fazer o trabalho missionário quando ele é associado a uma coisa que você gosta de fazer”, conta animado.

Sofá amigo

Em Alexandra, os fiéis também saíram às ruas nas dez horas de jejum para distribuir orações à comunidade. Para isso, o grupo se dividiu em três ações: visita aos lares, caminhada de oração e o sofá amigo.

O sofá amigo atraiu os moradores, e envolveu os jovens do Geração 148.

O sofá amigo atraiu os moradores, e envolveu os jovens do Geração 148.

No meio da praça de Alexandra, um rapaz caracterizado de garçom oferecia água, enquanto outros voluntários convidavam os pedestres a se sentarem no sofá amigo. A intenção é que houvesse um momento de conversa, reflexão e também oração. O convidado poderia pedir intercessão por motivos especiais.

Renata Stelle, organizadora do projeto local, conta que a reação das pessoas, diante da atitude dos adventistas, foi muito positiva. “Elas ficaram surpresas. Quando falávamos que a intenção era de orarmos, elas abriam o coração e se emocionavam, e ainda agradeciam por estarmos preocupados com a vida espiritual delas”, declara.

Mais oração, mais poder

Todas as congregações no sul do Paraná se uniram ao projeto dez dias de oração. Durante esse período,

Levar alegria através da música, dentro de um hospital, foi uma das formas de participar do projeto.

Levar alegria através da música, dentro de um hospital, foi uma das formas de participar do projeto.

seja em pequenos grupos ou até mesmo na própria igreja, diariamente os fiéis buscaram ainda mais a Deus com objetivos específicos. Para coroar os dez dias, no sábado, cada igreja optou como melhor realizar as dez horas de jejum. Programações como Santa Ceia, musicais, tendas de oração, beneficiaram a igreja internamente. Já ações pela região, estenderam a importância da oração para a comunidade. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox