Notícias Adventistas

Dia Mundial sem carro é celebrado por ciclistas adventistas em Curitiba

Na capital paranaense, a data foi marcada por ações de conscientização referentes a problemas como suicídio, abuso físico e psicológico, além da divulgação de materiais sobre o Outubro Rosa.

24 de setembro de 2018

Por Luciene Bonfim

No Dia Mundial sem carro, a Igreja Adventista do Bom Retiro em Curitiba aproveitou a ocasião e inaugurou um bicicletário para os ciclistas

No último sábado, 22 de setembro, foi comemorado o Dia Mundial sem carro. Para celebrar essa data, um grupo de ciclistas adventistas e simpatizantes se reuniu para realizar ações na região central de Curitiba. Além de estimular a população a refletir à despeito do uso excessivo do automóvel, o grupo teve por finalidade, conscientizar os cidadãos sobre problemas sociais que tem acometido à sociedade.

Munidos com materiais informativos sobre o Setembro Amarelo, projeto Quebrando o Silêncio e Outubro Rosa, os integrantes do Ministério de Ciclistas Adventistas (MAC) aproveitaram a ocasião para levar informações aos moradores da região.

Mais de 2.500 folders foram entregues nos semáforos da região central de Curitiba

“Me sinto realizado e com a missão cumprida. Quando doamos somos recompensados, estou com o coração muito feliz”, ressalta o ciclista Marcelo Guido.

Janete Ribeiro, frequenta o Espaço Vida e Saúde, local onde são oferecidos cursos gratuitos à comunidade, além de orientação psicológica e espiritual. Foi lá que ela conheceu o ministério dos ciclistas e se animou para participar da ação. “Agradeço a todos, adorei estar nessa missão, aprendi muito hoje”, enfatiza a participante.

De acordo com o coordenador do MAC, César Silva, o objetivo desse ministério é fazer o bem ao próximo, independente de raça, cor ou religião. “Além de conscientizar a população sobre o uso de outros meios de transportes, nós também entendemos a necessidade de fazer a diferença na sociedade onde nós vivemos, tratando de assuntos atuais, que preocupa as famílias da comunidade. Esse é um ministério que aproxima pessoas de pessoas”, pontua Silva.

Durante a ação, foram entregues aproximadamente 2.500 folders, abordando assuntos como, abuso físico e psicológico, suicídio e a importância de realizar exames preventivos para diagnosticar o câncer, assunto a ser tratado no próximo mês, nas campanhas do Outubro Rosa.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox