Notícias Adventistas

Governo do Pará aprova Dia Estadual do Adventista

Lei que coloca a data no calendário oficial do Estado foi sancionada pelo governador.

Por Anne Seixas 23 de outubro de 2018

Deputado Jacques Neves (centro) é autor da lei que institui o Dia Estadual do Adventista no Pará (Foto: Anne Seixas)

Foi sancionada pelo governo do Pará a lei 8.777, que estabelece 22 de outubro como o Dia Estadual do Adventista. A decisão coloca a data no calendário oficial do Estado e contempla quase 150 mil adventistas. O dia também remete à data que levou um grupo a estudar a Bíblia com mais profundidade, e que posteriormente fundou a Igreja Adventista do Sétimo Dia.

A lei foi proposta pelo deputado estadual Jacques Neves e foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará.  Ela foi sancionada pelo governador Simão Jatene e publicada no Diário Oficial no dia 16 de outubro.

Leia também:

Neves explica que ter a data no calendário oficial possibilita que a Igreja Adventista do Sétimo Dia faça uso de espaços públicos para eventos que celebrem o momento, além de outros projetos sociais desenvolvidos pela instituição. “A lei proporciona não só o reconhecimento de toda a comunidade adventista que presta serviços, e presta, também, através da sua cultura, o valor moral para a sociedade”, sublinha o parlamentar.

Pastor Leonino Santiago reitera compromisso dos adventistas para com a sociedade (Foto: Anne Seixas)

A conquista foi celebrada com um culto de ação de graças no auditório do Hospital Adventista de Belém na noite desta segunda-feira, 22, e contou com a presença de autoridades do governo e líderes eclesiásticos. O pastor Leonino Santiago, presidente da Igreja Adventista para o Pará, Amapá e Maranhão, ressaltou a importância da homenagem pela contribuição adventista para a sociedade, e reiterou que agora a responsabilidade é ainda maior. “É um reconhecimento pelo trabalho que a Igreja Adventista fez até hoje. Significa que é relevante para a comunidade, mas também é um chamado para continuar fazendo mais. É um desafio para a Igreja ser relevante onde está”, reforça.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox