Notícias Adventistas

Com foco na missão, Congresso O Caminho inspira juventude adventista do MS

O evento reuniu grande parte da juventude adventista sul-mato-grossense no último sábado (18), durante sete horas de louvor, mensagens de inspiração e testemunhos

Por Rebeca Silvestrin 22 de maio de 2019

Para grande parte dos seres humanos é a melhor época da vida, os anos de ouro, o período em que tudo é possível e a possibilidade de um futuro promissor é o combustível diário. Mas, apesar das vantagens dessa fase, a juventude carrega também grandes responsabilidades e decisões. E algumas vezes é através da música que padrões são quebrados e o coração dos jovens é alcançado pelo amor e cuidado de Deus. “Às vezes colocamos o jovem dentro de uma caixinha e dizemos a todo instante o que ele deve ser e o que deve fazer, quando na verdade o jovem tem que ser quem ele é. Temos o hábito de colocar muita pressão sobre padrões e só precisamos dizer:  seja você. Deus te criou de uma maneira única e é nessa singularidade que Ele mora. É através desse aspecto que Ele vai te usar para alcançar tantas pessoas e, principalmente, você mesmo”, foi o que cantou e testemunhou Roberta Spitaletti aos dois mil jovens adventistas no último final de semana em Campo Grande, durante o congresso jovem ‘O Caminho’.

 

Assim como Roberta, o pastor Lélis Silva, um dos oradores do programa, vê na juventude uma oportunidade única de levar a mensagem do evangelho aos mais variados grupos de pessoas. “A juventude do Mato Grosso do Sul tem uma coisa especial: vontade. Pode ser que às vezes em um momento ou outro falte um pouco de oportunidade, mas se a gente abrir a porta e dizer: vai, esse grupo especial abraça a causa. E o nosso papel, como líder, é impulsionar mais ainda essa vontade, instigar, provocar e apoiar”, declara.

Com o tema ‘O Caminho’, o evento reuniu grande parte da juventude adventista sul-mato-grossense no último sábado (18), durante sete horas de louvor, mensagens de inspiração e testemunhos. Para a estudante de Medicina, Letícia Vieira, natural de São Paulo e há dois anos vivendo na região de Ponta Porã (sul do estado), os jovens dessa região do país têm como diferencial a inclusão. “Acho que as pessoas aqui são diferentes porque gostam de incluir a todos e assim é fácil você se sentir à vontade e querer fazer parte dos projetos da igreja”, analisa.

Incluir a todos nas frentes evangelísticas foi algo fortemente abordado durante o evento, através de projetos como “Missão Calebe”, “Um Ano em Missão” e o projeto “Sonhando Alto”. A ideia é que a missão existe e precisa ser compartilhada por todos. Para o estudante Edilson Rodrigues, reacender o senso de missão foi o principal destaque do programa, como ele conta. “Participar de um evento dessa magnitude foi uma experiência muito boa, principalmente para as minhas decisões futuras relacionadas à missão. A gente tem que entender que a missão não acontece apenas dentro da igreja, ao contrário, ela acontece lá fora e o congresso trouxe isso para os jovens, ou seja, reacendeu esse senso de missão que poderia estar esquecido”, acredita.

Juntos

Outro ponto de destaque foi a união das gerações da igreja através de um propósito comum: a pregação do evangelho. “O congresso foi um ponto de partida para os jovens do nosso estado atuarem com mais paixão, mais vontade. Entendo que é preciso que os líderes, junto aos jovens tenham unidade e um foco em comum, porque muitas vezes o jovem não tem o apoio da igreja e vice-versa. O que sobra são dois grupos divididos que não chegam a lugar algum. Acredito que é preciso haver essa união para que o maior objetivo se cumpra, que é a pregação do evangelho e um evento com esse objetivo pode mudar a realidade que vivemos hoje”, pontua Wirley Alves, servidor público e líder jovem.

 

De acordo com o líder de jovens adventistas para o território sul-mato-grossense, pastor Leandro Alencar, todo o programa foi construído com o objetivo de inspirar a juventude a dar continuidade à missão e chamar a ação àqueles que estão na igreja, mas ainda não fazem parte de nenhum projeto específico.  “Quando falamos sobre ‘O Caminho’, estamos falando de uma verdade que a gente vive e queremos que outros vivam, daí a escolha para o tema do congresso. Nós queremos que esses jovens saiam daqui para motivar outros jovens, inspirar outras vidas e revolucionar o Mato Grosso do Sul. O Caminho verdadeiro é Jesus Cristo e todos os louvores e mensagens do programa apontam para Ele, que é o Caminho que o jovem precisa trilhar, que muitos jovens precisam encontrar e que tantos outros precisam volta a seguir”, conclui Alencar.

O programa aconteceu no espaço de eventos Diamond Hall, em Campo Grande, e contou com a participação dos pastores Lélis Silva, líder de jovens adventistas para a região Centro-Oeste do Brasil, pastor José Venefrides, líder de jovens adventistas para a região Sudeste do Brasil há 27 anos, além da participação musical do grupo Art Trio e da cantora Roberta Spitaletti.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox