Notícias Adventistas

Colaboradores da Missão Pará Amapá distribuem livros em ação do Impacto Esperança

Projeto realizado há mais de 10 anos e já distribuiu mais de 280 milhões de livros na América do Sul

Por Jeane Barboza 22 de outubro de 2020
Impacto2020

Colaboradores da sede administrativa para os Estados do Pará e Amapá, realizam o projeto Impacto Esperança. (Foto: Leonardo Leite)

Faltando apenas dez dias para o Impacto Esperança acontecer de forma oficial (maior movimento de entrega de livros realizado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul) e os colaboradores escritório da Missão Pará Amapá (MPA) dedicaram o dia 21 de outubro para compartilhar esperança com moradores do município de Benevides, integrado à região metropolitana de Belém.

Colaboradores distribuem livros missionários para comunidade local. (Foto: Leonardo Leite)

Colaboradores distribuem livros missionários para comunidade local. (Foto: Leonardo Leite)

Com uma população estimada em 70 mil habitantes, Benevides recebeu cerca de 40 funcionários da MPA que visitaram residências e estabelecimentos comerciais presenteando a comunidade com o livro A Maior Esperança. Na ocasião, três mil exemplares da literatura foram entregues.

Neste ano, considerando as atipicidades derivadas da pandemia gerada pelo novo Coronavírus, o Impacto Esperança foi realizado, pela instituição, obedecendo os protocolos de segurança, como a assepsia com álcool em gel e o uso da máscara, que embora cubra parte do rosto, não esconde a alegria dos servidores ao abordar as pessoas, tão pouco dos habitantes ao receber o livro. “Entregar (os livros) de máscara é diferente mesmo, mas uma coisa é igual: traz muita alegria para o nosso coração e das pessoas que estão recebendo. E a minha conclusão para nós, igreja, é que precisamos mais do Impacto Esperança do que as pessoas, porque isso reaviva a igreja”, contou o presidente da MPA, pastor Moisés Batista.

Impacto Esperanca 2020

Todas as medidas protetivas foram adotadas na distribuição dos livros durante o Impacto Esperança 2020. (Foto: Leonardo Leite)

Justamente por vivermos num ano tão diferente, as formas sugeridas para a realização do Impacto Esperança também sofreram mudanças. A Igreja Adventista na América do Sul sugeriu a participação utilizando recursos que garantam a segurança em um período de distanciamento social, usando a criatividade para levar esperança em forma de livros para outras pessoas. Pastor Leonino Santiago, líder da igreja adventista no norte do país também esteve presente na ação social e contou que “esse ano, o diferencial é o impacto do seu jeito. Com criatividade, cuidado e responsabilidade a igreja está entregando o livro. O cuidado da máscara, do álcool em gel e a distância segura, não foram empecilhos para a igreja e suas instituições continuarem o trabalho de levar esperança para cada família”, concluiu o líder.

A mobilização no escritório da MPA foi uma ação conjunta com a União Norte Brasileira (UNB) com o apoio da Faculdade Adventista da Amazônia (FAAMA) e foi uma prévia do que vai acontecer no dia 31 de outubro, data em que os adventistas vão sair às ruas, entre outras ações, para levar esperança às famílias de todo o país.

Confira uma breve reportagem sobre o evento:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox