Notícias Adventistas

Câmara de Vereadores recebe ação do Quebrando o Silêncio

Estudantes do Colégio Adventista e um grupo de mulheres tiveram acesso aos gabinetes e entregaram os materiais informativos sobre violência infantil

Por Renata Paes 23 de agosto de 2019

Com faixa e materiais informativos, ação do Quebrando o Silêncio sensibilizou o poder público de Belo Horizonte. (Foto: Renata Paes).

“Eu vim aqui para defender as crianças dos abusadores e pedir que façam leis para nos protegerem”, disse o pequeno Gabriel Xavier, de 6 anos, diante dos servidores da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH). Gabriel não estava sozinho, ele e mais os colegas de turma do Colégio Adventista de Belo Horizonte (Cabh), acompanhados das professoras e um grupo de mulheres, distribuíram na tarde da última quinta (22), 700 materiais informativos sobre como identificar e denunciar possíveis abusadores infantis.

Leia mais: 

A ação faz parte da Campanha do “Quebrando o Silêncio”, promovida pela Igreja Adventista, que luta pelo combate à violência em todas as idades.  Como mãe e profissional da área da segurança, Cristina Cristo, 42 anos, parabenizou a ação e disse que a rotina de trabalho intensa dos pais, não pode impedi-los de protegerem os filhos.

A agente de segurança, Cristina Cristo ( à direita), recebeu das crianças revistas do Quebrando o Silêncio, para adulto e infantil. (Foto: Renata Paes)

“A gente que é mãe, deve estar o tempo todo atento aos filhos. Saímos para trabalhar, passamos muito tempo fora e podemos não perceber que a criança está sendo vítima de algo. Os pais, por vezes, trabalham tanto, que a criança acaba não se sentindo à vontade para falar o que está passando. Como mãe, devemos dar atenção especial aos nossos filhos. Ainda mais se a criança ficar triste por muito tempo, ou a criança que é comunicativa parar de ser”, pontuou ela.

Os materiais foram distribuídos nos gabinetes dos vereadores e no hall da Câmara. As crianças aproveitaram a oportunidade para cantar uma música que fala do amor que Deus tem por cada pessoa. Nos corredores, servidores filmaram e se emocionaram com o momento.

No hall da Câmara, servidores filmaram as crianças cantando a música “Não há outro igual a você”, do Arautos do Rei. (Foto: Renata Paes).

Professora Walkíria Moreira conta que duas vezes ao ano o Cabh realiza seminários, apresenta vídeos e faz orientações com psicólogos, para ajudar as crianças a perceberem quando podem estar vulneráveis diante de abusadores. “Aproveitamos o mês de agosto e o tema do Quebrando o Silêncio para trabalharmos com as crianças”, ressaltou.

O pastor da Igreja Adventista Central de BH, Marcelo Moreira, reforçou que estar na CMBH, é alcançar um local  que ainda não havia sido visitado. “Escolhemos a Câmara por se tratar de um ambiente diferente do que nós realizamos algo no Quebrando o Silêncio. Aqui é a casa do povo, mas muitas vezes não vamos até os representantes do povo. Então, tomamos a iniciativa de fazer parte disso”.

Representantes à frente da Campanha do Quebrando o Silêncio, no gabinete da vereadora Marilda Portela. (Foto: Renata Paes)

Toda a equipe foi recebida no gabinete da vereadora Marilda Portela. Para a representante pública, as igrejas têm desempenhado um papel essencial na luta por direitos sociais. “Temos feitos encontros, debates e a igreja tem colocado pautas relevantes. Percebo que as igrejas têm tomado conhecimento da importância de participar junto ao poder político e por isso tem sido um braço social do governo”, enfatizou ela.

Confira aqui mais fotos da ação

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox